Coronavírus: Taboão da Serra tem comitê que realiza monitoramento preventivo na cidade

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 5/02/2020

Um dos assuntos que mais tem causado preocupação mundial na última semana é a epidemia do Coronavírus. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, nenhum caso foi confirmado, mas 13 estão em investigação. Em Taboão da Serra, segundo afirmou o prefeito Fernando Fernandes, um comitê faz monitoramento preventivo na cidade, mas, apesar do estado de alerta, "não há motivos para alarde". 

“Taboão da Serra tem um comitê de prevenção e monitoramento que se encontra em estado de alerta permanente, acompanhando de perto qualquer informação que deva ser repassada para a população e garantindo o suporte necessário”, informou o prefeito. Ele também tranquilizou os munícipes, dizendo que "não há motivos para alarde, mas que é necessário, mas temos que ser responsáveis e tomar as medidas necessárias para evitar a proliferação do Coronavírus".

Fernando, que apesar de não exercer a profissão, também é médico, diz que o Cornavírus é conhecido há muito tempo e recentemente foi descoberto uma nova variação do vírus, que está circulando em alguns países.

“Pessoas que voltaram de viagem há 14 dias ou menos desses países ou qualquer um que teve contato com esses viajantes e apresentarem sintomas como febre mais que 37,8, tosse e sintomas respiratórios podem ser considerados casos suspeitos”, enfatizou.

Ela ainda afirma que “por enquanto é necessário diminuir os riscos de transmissão” e dá algumas recomendações, como lavar bem as mãos ou as higienizar com álcool em gel, não passar as mãos nos olhos, nariz e boca, cobrir o rosto com o braço quando precisarem espirrar e evitar grandes aglomerações e ambientes fechados.

Brasil

No Brasil, nenhum caso foi confirmado até agora, mas segundo o Ministério da Saúde, que divulgou um novo boletim epidemiológico nesta terça-feira, 4, 13 estão sob suspeita. Somente em São Paulo, 6 casos são investigados. Já no Rio de Janeiro, um caso é analisado, no Rio Grande do Sul, 4 e em Santa Catarina, 2.

O Ministério da Saúde decidiu reconhecer a emergência sanitária internacional do Coronavírus e elevar o nível da resposta brasileira para Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN). Com isso, um Projeto de Lei com regras de quarentena, que consiste no isolamento de pessoas ou objetos que possam ter sido contaminados, foi enviado e aprovado pela Câmara de vereadores nesta terça-feira, 4. Agora, será enviado ao Senado para votaçao. 

O projeto é necessário para que o Governo dê início à repatriação de brasileiros que estão em Wuhan, na China, local considerado epicentro do vírus. No mundo, 426 pessoas já morreram em decorrencia do Coronavírus, sendo 425 delas na China. A outra morte foi registrada nas Filipinas. 

 

Comentários