Manoel Raymundo, ex-vereador de Embu das Artes, morre aos 75 anos

Por Redação | 5/01/2020

Com informações da Câmara Municipal de Embu das Artes

Manoel Raymundo, ex-vereador de Embu das Artes e líder comunitário do Jardim Casa Branca, morreu na manhã deste sábado, dia 4, aos 75 anos. Ele estava internado no Hospital Geral do Pirajussara, onde foi a óbito.

Manoel foi vereador na 7º (1989 – 1992) e 8º legislatura (1993 – 1996), e retornou a Casa Legislativa em 1999, se tornando vice-presidente da Câmara. Além disso, também se tornou um dos líderes comunitários mais queridos do Jardim Casa Branca e região, bairro onde firmou residência quando chegou do a Embu aos seus 21 anos.

Se filou PMDB e participou dos governos dos prefeitos Nivaldo Orlandi e Geraldo Puccini. Na administração do ex-prefeito Geraldo Cruz trabalhou no governo, contribuindo em várias áreas. Foi das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base) da Igreja Católica na região do Santa Tereza.

Por muitos anos teve uma banca de jornal em São Paulo. Poeta popular, gostava de declamar seus versos em saraus. Também gostava de cantar, imitando as vozes de Vicente Celestino e Nelson Gonçalves. Ele deixa dois filhos.

Seu velório foi no Plenário Mestre Gama, na Câmara Municipal de Embu das Artes, com horário previsto às 18h deste sábado (04). Já seu enterro aconteceu neste domingo (05) no Cemitério dos Jesuítas, às 10h.

Comentários