Sequestro relâmpago em Taboão da Serra termina com suspeito morto; vítima é liberada sem ferimentos

Por Redação | 7/11/2019

Um sequestro relâmpago em Taboão da Serra terminou com a morte de um assaltante, de 22 anos, na tarde desta quarta-feira, dia 06. A vítima, uma mulher de 37 anos, foi liberada sem ferimentos e um outro envolvido no crime conseguiu fugir.

Policiais militares realizavam patrulhamento na rua Rua Francisco Pedro Ettore Mari, quando viram que um HB20 iniciou fuga em alta velocidade na crontramão. Uma perseguição foi iniciada.

Em determinado momento, os policiais perderam o carro de vista, mas populares indicaram que ele tinha ido pela rua José Dias dos Santos. Ao chegar no local, os PMs viram o veículo na rua após colidir com um Ford Ka. A vitima estava ao lado do carro.

Um dos envolvidos fugiu, tomando rumo desconhecido. Já o outro suspeito tinha entrado em uma residência. Os policias foram até o endereço, mas a principío não encontraram o acusado. Somente em uma segunda busca que eles o viram no telhado.

Segundo os PMs, o suspeito efetuou um disparo em direção a um dos policias, mas o tiro não acertou niguém. Os agentes revidaram e acertaram o indivíduo. O socorro foi acionada, mas ele não resistiu e morreu no local, que foi periciado.

Na delegacia, a vítima informou que foi estacionar o carro ao lado do Shopping Raposo Tavares quando foi abordada pelos dois homens. Eles pediram que ela entrasse novamente no carro e que fosse para o banco de trás.

Ainda exigiram o telefone e os cartões bancários da moca, dizendo que iam passar no banco para sacar valores, mas que não roubariam o carro. No caminho, ela percebeu que o veículo estava em alta velocidade e que eles estavam em fuga.

Já em determinado momento, após uma batida, ela percebeu que os dois assaltantes não conseguiam mais com o carro. Ambos fugiram. Ao descer do carro, a moça se deparou com a Polícia Militar. Ela aindaa reconheceu o suspeito morto como autor do crime após a troca de tiros.

A arma do suspeito, uma pistola calibre 38, e a dos policiais, dois revólveres .40, foram apreendidos. A carteira e o telefone da vítima foram recuperados. O caso foi registrado no 2º DP de Taboão como roubo mediante restrição de liberdade, extorsão, sequestro relâmpago, homicídio simples e acidente de trânsito. 

Comentários