Itapecerica registra aumento de mais de 100% nos casos de estupro em setembro

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 28/10/2019

A cidade de Itapecerica da Serra apresentou números alarmantes nos casos de estupro em setembro. Se comparado com o mesmo mês do ano anterior, as ocorrências subiram 250%, indo de 2 para 7 casos. Do total de número de vítimas, 6 eram menores de idade e 1 era tinha acima de 18 anos. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Esta é a segunda vez no ano que os estupros tem mais de 100% de aumento. Em fevereiro, o crescimento foi de 400%, quando a cidade registrou 5 casos, 4 a mais do que em igual período de 2018, que teve apenas uma ocorrência desta natureza. No mês, apenas uma vítima era maior de idade e as outras 4 eram menores.

O número de homicídios também subiu. No ano passado, nenhum caso foi registrado, já neste uma pessoa foi morta na cidade. Com isso, o aumento foi de 100%. Latrocínio se manteve estável em nenhum caso registrado.

Dos crimes contra o patrimônio, roubo de veículo foi o que mais teve alta, com 35% de casos a mais, indo de 57 a 77 de setembro do ano passado para o mesmo mês deste ano. Furto subiu 4%, registrando crescimento de 23 para 24 casos.

Tanto furto de veículo quanto roubo de carga caíram 33%. No ano passado, 18 carros foram furtados e no mês anterior, o número caiu para 12. Ainda foram registrados 3 roubos de carga o ano passado contra 2 este ano.

A cidade teve 323 pessoas presas em flagrante e 178 por mandado. Já 30 menores foram apreendidos em flagrante e por meio de mandato. A cidade também teve 36 armas apreendidas e 810 inquéritos policiais instaurados.

Embu das Artes

Em Embu das Artes os casos de homicídios também subiram, indo de 0 para 1 caso, alta de 100%, junto com o de furtos, que em setembro do ano passado teve 36 registros e esse ano, 94. Latrocínio se manteve sem nenhum caso e e estupro diminui de 9 para 8 registros, queda de 11%.

Roubo teve redução de 9%, com 11 casos de diferença. Ano passado, 111 ocorrências desta naturaza foram registradas e  este ano houve 100 registros. Roubo de veículoque teve 63% de ocorrências a menos. Foram 14 casos no mês passado contra 38 do mesmo período do ano anterior. Furto de veículo também caiu, indo de 31 para 23 casos, queda de 25%, assim como roubo de carga, com 55% de ocorrências a menos, caindo 9 para 4 registros.

Ao todo, na cidade, 326 pessoas foram presas em flagrante e 187 por mandado. Também tiveram 27 menores apreendidos em flagrante e 4 por meio de mandato, além de 51 armas de fogo apreendidas. O número de inquéritos policiais instaurados chegou a 1.275.

Comentários