Moradores de Embu criam petição pública cobrando funcionamento 24hrs da DDM do município

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 23/09/2019

Os moradores de Embu das Artes estão se mobilização na internet por meio de um abaixo assinado online para pedir ao Governo do Estado o funcionamento 24 horas da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município, que atualmente só funciona das 09h às 18h. A petição tem 23 assinaturas e precisa chegar a 100 para ser enviada à Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP).
 
A petição também pede que os atendimentos passem a ser realizados durante o fim de semana, já que as mulheres vítimas de violência ficam desassistidas de serviço especializados aos sábados e domingos e têm que recorrer às delegacias comuns.
 
Além da de Embu, a região conta com mais duas delegacias da mulher, uma em Taboão da Serra e a outra em Itapecerica da Serra. No entanto, nenhuma delas oferece atendimento 24 horas e nem aos finais de semana. As três DDMs também recebem casos de Embu-Guaçu, Juquitiba e São Lourenço da Serra, que não contam com as especializadas.
 
O número de violência contra a mulher hoje é um dos índices criminais que mais crescem. No primeiro semestre do ano, as denúncias de tentativas de feminicídio subiram quatro vezes. Foram 2.688 relatos esse ano contra 645 do ano passado, segundo o Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos. Os números de 2019 já superaram o de todo ano de 2018, que registrou 2.211 casos. Em Taboão, apesar dos casos de agressões sofridas por mulheres, nenhum deles resultou em morte nos últimos 12 meses.
 
Os interessados em colaborar podem entrar no link da petição online (clique aqui para acessar) e deixar a sua assinatur., O procedimento é simples e leva apenas alguns minutos.

Comentários