Câmara aprova projeto de lei que concede recesso a servidores da Educação de Taboão da Serra

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 4/07/2019

A Câmara de Taboão da Serra aprovou de forma unânime nesta quarta-feira, dia 3, um projeto de lei da prefeitura que concede recesso escolar em julho a um grupo de servidores da Educação de Taboão da Serra que não era contemplado pelo Estatuto do Magistério, que rege que rege o funcionalismo público na área educacional da cidade.

Com a aprovação, auxiliares de classe, assistente de desenvolvimento escolar (ADE), assistente de desenvolvimento infantil (ADI), inspetores de alunos e integrantes da classe que dão suporte pedagógico entram em férias na próxima segunda-feira, dia 8, e retornam dia 15.

O vereador Ronaldo Onishi (SD) comemorou a aprovação que “vai perpetuar” o direito da categoria. “A arte de governar é tomar decisões que atendam aos interesses do povo e nesta manhã os destinatários finais dessa lei são vocês”, disse ele aos educadores.

O vereador Eduardo Nóbrega (PSDB), presidente da Comissão de Educação, parabenizou o movimento pacífico dos funcionários e disse que “esse processo fortaleceu as relações entre os poderes e os funcionários públicos de Taboão da Serra. “Que não percamos essa capacidade de diálogo porque ela nos ajuda a chegar a um bom termo”, concluiu.

“A nossa educação que tanto trabalha e demonstra isso na ponta”, afirmou Joice Silva (PTB), ao ressaltar que o IDEB de Taboão da Serra é o maior da região, com pontuação de 6,8%. “Isso é graças ao empenho de vocês [...], que fazem a diferença e levam o nome de Taboão ao topo”, concluiu.

“É uma tarde de muita conquista, porque independente de governo que vai passar, o direito de vocês estão garantido e eu fico feliz de participar de um momento como este”, disse o Marcos Paulo (PPS), presidente da Câmara. Agora, o projeto de lei segue ao Executivo para ser sancionado pelo prefeito Fernando Fernandes.

Comentários