Conta de luz vai ficar 7,03% mais cara em Taboão, Embu e Itapecerica em julho

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 4/07/2019

Os moradores de Taboão, Embu e Itapecerica vão pagar mais caro pela conta de luz a partir de julho. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Annel) aprovou na última terça-feira, dia 2, um aumento tarifário de 7,03% que entra em vigor nesta quinta-feira, dia 4.

Para usuários de baixa tensão, como residências e comércios de pequeno porte, o aumento é menor, de 6,48%. Já empresas de grande porte pagarão, classificados como clientes de alta tensão, pagarão 8,46%.

O aumunto na conta acontece a cada quatro anos com o “objetivo de preservar o equilíbrio financeiro da empresa”, diz a Enel. A distribuidora afirma que o aumento se deve por conta da aquisição de energia, que é responsável por 34% do valor da tarifa.

Além de Taboão, Embu e Itapecerica, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Juquitiba e mais outras 17 cidades no Estado atendidas pela Enel.

Para o mês, ainda foi decretada a bandeira amarela. Ou seja, a cada 00 quilowatts-hora consumidos, será feita uma cobrança extra de R$ 1,50.

A mudança na bandeira acontece porque a previsão de chuva para o julho na região onde se encontram as usinas hidrelétricas responsáveis por abastecer o estado é baixa. Este é o segundo mês no ano em que a bandeira amarela passou a valer. Em maio, ela também foi utilizada.

Comentários