Nova decisão judicial adia votação de orçamento municipal de Taboão de 2019

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 21/12/2018

 

A Justiça concedeu na tarde desta sexta-feira, dia 21, uma liminar que derrubou a decisão de suspender o pedido de vistas do orçamento muncipal de Taboão de 2019 realizada na sessão da última sexta-feira, dia 14. A decisão foi entregue pelo advogado Dr. Wagner Eckstein Júnior, que compõe o corpo jurídico do deputado eleito Aprígio, do Podemos.

"Defiro em parte a suspensão de liminar apenas para autorizar a apresentação de emendas pelos vereadores para as deliberações do Plenário; em razão do prazo exíguo para votação e das sessões já designadas fica mantida a decisão quanto a novo pedidos de vistas", disse o desembargador Luis Francisco Aguilar Cortez em seu parecer.

A ordem judicial que determinava que os vereadores deveriam votar o orçamento nesta sexta-feira proferida pelo juiz de direito Dr. Rafael Rauch na última quarta-feira, dia 19. 

Após receberem a ordem, os vereadores da oposição entraram com recurso e conseguiram a liminar. Com isso, a votação do orçamento acontecerá na próxima quarta-feira, dia 26. 

Comentários