Justiça de Taboão aprova condução coercitiva de Hélio Tristão para depor em CEI

Por Anderson Dias | 29/07/2016

A Justiça de Taboão da Serra aprovou na quinta-feira, 28, a condução coercitiva do diretor da Cooperativa Habitacional Vida Nova, Hélio Martins Tristão, para depor na Comissão Especial de Investigação (CEI) que investiga supostas irregularidades no desdobro de áreas da Cooperativa.

De acordo com a decisão Tristão deve comparecer para depor na CEI na próxima segunda-feira, dia 01, às 10h da manhã, na Câmara Municipal de Taboão da Serra. Além disso, diz que a coercitiva dele pode ser feita inclusive com acompanhamento policial.

Fernanda Regina Balbi Lombardi manda qualquer oficial de Justiça da jurisdição intimar Hélio Tristão sobre a obrigatoriedade de comparecer à CEI.

A CEI que apura os desdobros de áreas da Cooperativa foi prorrogada por mais 90 dias pelos vereadores.

O presidente da Cooperativa José Aprígio também está sendo aguardado pelos integrantes da comissão a prestar depoimento.

Comentários