Câmeras de monitoramento ajudam no combate a problemas urbanos

Por Assessoria de Imprensa | 9/06/2016

Equipamentos e inteligência digital contribuem para a segurança e mobilidade urbana. Tecnologia estará no foco da atenção de prefeitos e gestores públicos durante o 1º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, nos dias 9 e 10 de junho, em Florianópolis 

Diversas cidades pelo País estão investindo em vídeo-monitoramento para melhorar a gestão de problemas urbanos e solucioná-los. O uso de câmeras inteligentes, com tecnologia de ponta, é algo cada vez mais presente nos municípios brasileiros e pode contribuir para ações de mobilidade, identificando áreas de congestionamento e alagamento. Na área de segurança pública, os equipamentos monitoram locais de risco e são capazes de enviar alertas para policiais em tempo real, auxiliando no combate ao crime. Também há recursos que permitem a identificação de placas de carros, para saber se estão em situação regular ou não, e até os que identificam estacionamento proibido e tráfego de veículos privados em áreas destinadas ao transporte público.

Essas e outras soluções serão apresentadas no 1º Congresso Catarinense de Cidades Digitais. O evento irá reunir, dias 9 e 10 de junho, em Florianópolis, prefeitos, gestores públicos e vereadores para tratar do aprimoramento dos serviços públicos e do desenvolvimento dos municípios, por meio de investimentos nas Tecnologias da Informação e Comunicação.

Em tempos de recursos econômicos escassos, a solução embarcada na rede de câmeras também tem feito a arrecadação dos municípios aumentar, segundo o presidente da ENW, Amilton de Lucca. Isso porque o sistema analítico, no caso das câmeras OCR, que fazem a leitura de placas de veículos, é integrado aos Detrans, e reconhece automaticamente se a situação do veículo está regular. “A fiscalização fica por conta da tecnologia, cabendo às autoridades o trabalho de abordar os condutores. A solução também evita que os contribuintes em dia sejam parados nas blitz”. No caso de irregularidade, as câmeras enviam foto, apontando o problema para as autoridades nas ruas, para abordagem.

As infrações captadas são diversas, sendo as mais comuns: desobediência à faixa especial, destinada exclusivamente a ônibus e rodízios; parar na faixa de pedestres; estacionamento irregular; uso de celulares no trânsito; excesso de passageiros nos carros, desobediência à obrigatoriedade do uso de capacete por motociclistas e cinto de segurança por condutores e passageiros de veículos leves.

As câmeras ajudam também na segurança das cidades. Em Manaus, por exemplo, os índices de criminalidade nos locais monitorados tiveram queda de cerca de 70%, observa de Lucca. Além da capital do Amazonas, a rede de câmeras com o chamado sistema Apolo (câmeras conectadas a uma central de gerenciamento de imagens) está presente nas cidades de Maceió, São Paulo, Valinhos, entre outros municípios.


Custo-benefício – No contexto das cidades inteligentes, durante o 1º Congresso Catarinense de Cidades Digitais, além da implantação do sistema de monitoramento, a ENW apresentará soluções em infraestrutura de rede em fibra óptica. “Atuamos como integradores, conectando todos os sistemas. Com o tempo fomos percebendo as necessidades dos municípios e aumentando as aplicações. O custo-benefício é altamente positivo. Em Alagoas, o investimento realizado pelo Detran retornou rapidamente com o resultado do uso da tecnologia.”

Há 11 anos no mercado de telecomunicações, a ENW conta com escritórios próprios em São Paulo, Manaus e Maceió, e, a partir dessas localidades, atende projetos para implantação de cidades digitais em todo o País. As soluções da empresa também abrangem tecnologia para reconhecimento facial, biometria, controle por movimentação de pessoas, sinal sonoro, detecção de incêndios e drones.

Serviço


1º Congresso Catarinense de Cidades Digitais

Datas: 9 e 10 de junho

Local: Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina

Rod. Admar Gonzaga, 2765 - Itacorubi, Florianópolis - SC, 88034-001

Inscrições (gratuitas para servidores públicos) devem ser feitas pelo site http://congressosc.redecidadedigital.com.br

Sobre a ENW


Fundada em 2005, em São Paulo, a ENW é referência no desenvolvimento de sistemas e tecnologia para integração e suporte à vigilância e monitoramento remotos em todo o País. Suas soluções turn-key, por meio do processamento de imagens, captadas por câmeras digitais, garantem o monitoramento de espaços públicos e corporativos. Na área de Telecom, a diversidade de soluções que oferece ao mercado abrange as necessidades de todos os portes de empresas. 

Comentários