Morre jovem que é a 3ª vítima da explosão de botijão de gás em Taboão

Por Sandra Pereira | 16/03/2016

A terceira vítima da explosão de um botijão de gás em Taboão da Serra morreu nesta terça-feira, 15, depois de ficar vários dias internados no Hospital das Clínicas. A tragédia que causou três mortes foi provocada por um vazamento de gás no último dia 9, que resultou em uma forte explosão na Rua Carlos Grotte. Maria Edilza, 57 anos, e a filha dela, Thaís Costa, de 22, também morreram vítimas do acidente. A única sobrevivente é uma jovem identificada como Francielly, de apenas 16 anos, que sofreu  ferimentos leves. 

A terceira vítima da explosão morta é Paulo César Manoel Filho, 23 anos, sobrinho da empresária da área de cosméticos, Inocência Manoel.

A causa da morte do rapaz foi falência múltiplas dos órgãos em decorrência da explosão de gás. Desde o dia da explosão  o jovem estava internado no Hospital das Clínicas (HC) para onde foi levado pelo helicóptero Águia da Polícia Militar.

O sepultamento do jovem será nesta quarta-feira, 16, às 10 horas no Cemitério dos Reis, localizado no limite entre Taboão e Embu das Artes. 

"Paulo era um jovem muito querido em Assis e em Taboão da Serra pelos amigos da Igreja e do trabalho. "O Paulinho morava há 5 anos aqui, tinha 23 anos e estudava para passar no vestibular de Medicina ou Direito; foi assessor de produção na Inoar Cosméticos e missionário da Cristolândia, em Guarulhos. Está partindo em paz; sentiremos saudades", disse emocionada, a tia do jovem., ao site AssisCity. 

A empresária ressalta que Paulo passou a infância na Vila Ribeiro, sede do Projeto Beleza Solidária da Inoar, em Assis. 

A irmã do jovem, Paula Manoel, que faz intercâmbio na Irlanda comparecerá ao velório. 

Com informações do site Assis City

Comentários