Familiares e amigos se reuniram em Embu na missa de 7º Dia do GCM Renildo Santos

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 16/06/2015

Os familiares e amigos do Guarda Municipal Renildo Santos morto na madrugada da última terça-feira, dia 09, vítima de um grave acidente de carro na avenida dos Bandeirantes, se reuniram na missa de 7º Dia realizada na noite desta segunda-feira, dia 15, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, no centro de Embu das Artes. 

Na celebração da palavra, o Padre Sebastião Gomes Neto relembrou que todos estão na terra apenas de passagem, e que Deus conforta os familiares e amigos pela perda precoce do GCM. O momento de ofertório foi feito pelos guardas municipais e ao final da Santa Missa, uma homenagem foi feita ao GCM Renildo e agradecimentos foram feitos a vereadora Rosana Almeida, que se solidarizou as parentes e amigos de farda.  

Renildo voltava de mais um dia de trabalho quando foi atingido por um outro veiculo que avançou o sinal vermelho. O empresário André Luís Schutt, de 39 anos, acusado de ter atingido o guarda ficou preso mas no dia 10, teve a liberdade concedida pela Justiça por intermédio de um habeas corpus. Ele foi indiciado por homicídio doloso, crime previsto em lei quando há intenção de matar, uma vez que ao dirigir em alta velocidade em uma via movimentada assumiu a responsabilidade de todo e qualquer acidente.    

De acordo com informações, a juíza concedeu o direito de liberdade pelo motivo do empresário ser réu primário e não oferece risco para a sociedade, no entanto, teve a habilitação apreendida e deverá aguardar o julgamento, e assim não é permitido deixar o Estado e também deve colaborar com as investigações, uma vez que um segundo motorista aparece nas filmagens ultrapassando o sinal vermelho. 

Comentários