Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia pede a prisão temporária do acusado de estupro em Taboão

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 30/10/2014

delegacia

Sandra PereiraDelegacia de Mulher fica localizada na Jardim Guaciara 

A Polícia prendeu na tarde desta quinta-feira, 30, o suspeito de estuprar moças em Taboão da Serra. Segundo informações a Delegada Aparecida Alves da Silva vai pedir a prisão temporária para confirmar a autoria dos crimes. O acusado permanece detido para averiguação na Delegacia da Defesa da Mulher na estrada das Olarias, no Jardim Guaciara. 

O acusado agia com um carro preto quatro portas. Tem 29 anos e não tinha passagem pela polícia. O suspeito fez vítimas na região, duas delas já compareceram na Delegacia e reconheceram o acusado pela autoria do crime. Ele foi preso na rua Issao Onuma, no Jardim São Judas, em Taboão. De acordo com informações da polícia, ele é morador das proximidades da rua de onde foi preso. 

A prisão foi possível após os policias receberem ocorrência pelo COPOM para averiguar um homem que fazia gestos obscenos. Chegando no local, testemunhas informaram que uma jovem foi agarrada pelo homem e gritava muito ao ser colocada dentro do carro. Os populares anotaram a placa e com base das informações e também foto dos suspeitos de praticar estupros a equipe saiu em patrulhamento. 

Na rua Issao Onuma ele foi preso para averiguação. Segundo o Soldado Campos, ele não esboçou nenhuma reação e em nenhum momento confessou os crimes. 

O caso segue em investigação na Delegacia de Defesa da Mulher de Taboão da Serra. O estupro é um crime inafiançável e prevê de 4 a 10 anos de prisão por cada vítima. Caso confirmado também sofrerá acréscimo na pena pelas vítimas menores de idade. 

carro_acusad

Carro do suspeito foi apreendido pela Polícia para averiguação 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.