Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Eleitores da região vão as urnas neste domingo eleger o presidente da república

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 25/10/2014

urna

DivulgaçãoVotação do segundo turno será neste domingo dia 26 das 8h às 17h

Os eleitores da região vão urnas neste domingo, dia 26, para o segundo turno das eleições deste ano, para escolher o candidato que ocupará a presidência da república nos próximos quatro anos. A escolha deve ser feita entre o candidato Aécio Neves, do PSDB e Dilma Rousseff, do PT. 

Em Taboão da Serra, Itapecerica e Embu das Artes cerca de 455.964 eleitores deverão comparecer na seção eleitoral para votação das 8h às 17h, munidos de um documento com foto e para agilizar apresentar o título de eleitor, mas não é obrigatório. 

Embu das Artes, pela segunda vez os eleitores serão identificados pela biometria. A cidade embuense é a única da região que nas eleições deste ano utilizaram do novo sistema, a previsão é que em 2016 todas os outros municípios possam fazer o recadastramento biométrico.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem não compareceu às urnas no 1º turno pode e deve votar no 2º turno, mesmo que não tenha justificado a ausência.

Justificativa

No dia da eleição, o eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral deverá justificar sua ausência em uma mesa receptora de justificativa, no mesmo horário destinado à votação. Em todos os municípios haverá, no mínimo, um posto de justificativa. Na capital e na região metropolitana será instalada mesa de justificativa em cada local de votação.

É necessário entregar o formulário de justificativa preenchido e apresentar um documento oficial de identificação com foto. O formulário é gratuito e está disponível nos cartórios eleitorais, no TRE, na internet e nos locais de justificativa.

Votar em um dos turnos não compensa a ausência no outro. Para a quitação eleitoral, cada turno é considerado uma eleição e demanda uma justificativa própria.

Quem deixou de votar e não justificou, deve procurar seu cartório no prazo de 60 dias: até 4 de dezembro para o 1º turno e 26 de dezembro para o 2º. O requerimento de justificativa será dirigido ao juiz eleitoral. É necessário comprovar o motivo da ausência e o deferimento da justificativa vai depender da análise do magistrado. O eleitor que não votar por estar no exterior tem 30 dias, contados do seu retorno ao país, para providenciar a justificativa.  

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.