Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cultura

Governo inaugura em 25/10 Escola Municipal de Música com 561 vagas

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 24/10/2014

escola_musica

DivulgaçãoA escola de música será implantada no Centro Cultural Santo Eduardo 

Depois de entregar à população três centros culturais, criar Pontos e Núcleos de Cultura, implantar o Conselho Municipal de Políticas Culturais, promover atividades em parceria com entidades públicas e privadas, para oferecer programas de cultura de qualidade à população, o Governo de Embu das Artes abre a Escola Municipal de Música. A inauguração será no sábado, 25 de outubro, às 19 horas, no Centro Cultural Santo Eduardo (rua Iva, 100).

A Escola Municipal de Música, vinculada à Secretaria Municipal de Cultura, oferecerá 561 vagas, sendo 150 para estudantes de música dos Núcleos de Cultura e 411 para concorrentes que se inscreverem de 17 de novembro a 13 de dezembro. Todos terão de fazer prova de aptidão classificatória, que será realizada em 24 e 25 de janeiro de 2015. As aulas começam no dia 9 de fevereiro, para as novas turmas nos cursos gratuitos de: bateria, canto, cavaquinho, clarineta, contrabaixo, flauta, guitarra, percussão, piano, saxofone, violão, violino.

Programação de cerimônia de abertura

Dueto nº 1 para Flauta e Saxofone
Natan Henrique Leite da Luz (flauta transversal/aluno)
José de Carvalho (sax alto/professor)

Viva La Vida de Jasyn Pense
Matheus Fiúza Martins (sax soprano/aluno)
Levi dos Santos Gomes (sax alto/aluno)
Cristina Araújo Aguiar da Silva (flauta transversal/aluno)
Natan Henrique Leite da Luz (flauta transversal/aluno)

Proezas de Sólon – choro
Fernando Souza (cavaquinho/prof.)
Caio Vítor (violão/prof.)
Héder Cardoso (pandeiro/prof.)
Hamilton (clarineta/prof.)

Música instrumental com a Banda Municipal de Embu das Artes

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.