Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Com a sessão lotada os vereadores de Embu voltaram a discutir o cenário político

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 16/10/2014

camara_embu

Genildo RochaCâmara Municipal teve participação do público da região 

A sessão da Câmara Municipal nesta noite de quarta-feira, 15, teve a casa cheia e marcada pelas discussões do cenário político, os ânimos ficaram exaltados quando o público que acompanhava a aprovação de projetos interferiu nas falas pessoais dos vereadores que defendia suas posições no segundo turno das eleições presidenciais e os benefícios dos governos PSDB e PT. 

O vereador Edvanio Mendes (PT) relembrou a discussão realizada entre os parlamentares na semana passada e voltou a afirmar que o governo PSDB representa o retrocesso e a gestão PT significa o avanço. Em resposta, o vereador Carlinhos do Embu falou das melhorias e listou ações feitas  pela oposição dentre elas cinco mil apartamentos em Embu das Artes. 

A sessão ficou intensa quando o público presente vaiou, aplaudiu e tentou expressar suas opiniões no debate, o presidente Doda Pinheiro pediu respeito pela fala dos vereadores e que a discussão fosse conduzida de forma tranquila. 

Os edis também ocuparam do pequeno expediente da sessão para parabenizar os profissionais da educação pelo dia dos professores, comemorado nesta quarta-feira, 15 de outubro. Grande parte dos vereadores teceram comentários positivos para o secretário de Educação Paulo Vicente e estenderam os cumprimentos a toda a equipe da secretaria.  

Após os trabalhos suspensos por cinco minutos os edis aprovaram em caráter de urgência especial o projeto de lei 66/2014, do poder Executivo, que dispõe da alteração da lei para que os professores dos núcleos de cultura possam trabalhar durante o ano todo e não apenas nove meses como era determinado na lei. 

A indicação 50/2014 também foi aprovada por unanimidade com ausência dos vereadores Luiz do Depósito e Pedro Valdir. A indicação de autoria da vereadora Rosana Almeida trata de adaptação de alas nos prontos socorros para atendimento de emergência psiquiátrica e que tenha equipes preparadas para que esse atendimento possa ser feito da melhor forma. 

Em função da discussão do projeto de lei do poder Executivo, o vereador Doda Pinheiro retirou sua indicação nº28/2014 que trata de estudos para construção de campo de futebol, vestiários, arquibancada,implantação de grama sintética e estacionamento na área conhecida como: mata do Roque Valente (Apa Santa Tereza), localizada entre os bairros do Parque Pirajussara, Jardim São Luiz e Perequê. O presidente da Casa afirmou que deixará para discutir a indicação em outro momento. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.