Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Prefeito Chico Brito participa de lançamento de projetos da saúde em Embu

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 14/10/2014

IMG_4730

Paloma Bassin

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o prefeito Chico Brito participaram na quarta-feira (8/10) de um evento da Libbs Farmacêutica, em Embu das Artes, para o lançamento de dois projetos: “Plataforma de Rastreabilidade de Medicamentos” e “Tempo é Saúde”.

Desenvolvido pela Libbs, a plataforma de rastreabilidade, a primeira do setor já em operação no País, tem a finalidade monitorar a trajetória das embalagens de um medicamento desde a sua produção no laboratório até a distribuição nas drogarias e unidades de saúde, antes de ser vendido ou entregue ao usuário. 

A identificação ocorre por meio de um código de barra, que funciona como uma espécie de RG, armazenando informações do produto como lote, validade, número de série e número de registro na Anvisa, que reunidas, recebem o nome de “Identificador Único de Medicamento” (IUM). 

Com isso, a autenticidade e a procedência legal do medicamento estarão asseguradas, evitando desvios, erros e perdas por vencimentos, permitindo uma intervenção mais rápida da vigilância sanitária, se necessário. Havendo alguma inconsistência na qualidade, a identificação e o recolhimento dos remédios das prateleiras poderão ser feitos rapidamente, antes de chegar à população.

Além da garantia de qualidade, o sistema também irá coibir roubo de cargas, contrabando e falsificação. 

Todas as indústrias de remédios terão que ter ferramentas semelhantes até dezembro de 2016, para integrarem o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNMC), sob coordenação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e instituída pela Lei 11.903/2009. 

O ministro, o prefeito Chico Brito e autoridades visitaram a linha de produção da Libbs e acompanharam o processo de impressão do código de rastreamento (IUM), sendo observados pela plateia no telão. Em seguida, um interlocutor da empresa no evento fez um link direto com Brasília, ao vivo, e interagiu com duas pessoas que foram a uma farmácia, adquiriram um medicamento e informaram o seu IUM. Logo após, o interlocutor consultou o IUM no sistema, in loco, e demonstrou ao público a localização exata do produto.

“Parabéns pela demonstração prática. Além da eficiência, é mais um elemento de segurança e confiabilidade, pois o usuário terá a certeza de ter recebido um medicamento seguro, acompanhado em toda cadeia produtiva”, disse o ministro Chioro. 

Do ponto de vista econômico, Chioro afirmou que por ser um mecanismo de proteção da produção, trará benefícios, e não irá repassar os custos ao consumidor, pois as empresas já têm uma programação de renovação tecnológica e o investimento será compensado pelo grau de aperfeiçoamento da gestão, inibição de roubo de cargas, contrabando e falsificação.

Para o presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, a ferramenta dará tranquilidade para o consumo do cidadão e equilíbrio para a cadeia farmacêutica: “Saberemos onde estarão os remédios”.

“A pessoa terá a garantia de estar recebendo um produto com procedência e qualidade”, declarou o presidente da Libbs, Alcebíades de Mendonça Athayde. 

Tempo é Saúde

Por conta da parceria entre Prefeitura, Libbs e BNDES, com apoio do Ministério da Saúde, Embu das Artes será o primeiro município do País onde será implantado o projeto “Tempo é Saúde”, que prevê a revisão dos processos do primeiro atendimento e triagem (classificação de risco) e implantação do sistema e-SUS. É uma contrapartida da empresa para a cidade, pelo financiamento que recebeu do banco para a construção de sua planta de medicamentos biológicos. O valor investido é de R$ 1.2 milhão.

Quanto ao atendimento, a “classificação de risco” deverá ordenar as queixas por grau de gravidade, priorizando aos casos de urgência e emergência. Já o e-SUS é um programa do Ministério da Saúde que visa reestruturar a Atenção Básica, informatizando o processo de atendimento das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e melhorando a captação e análise das informações para proporcionar agilidade e diminuição de espera dos pacientes.

“É uma iniciativa pioneira que irá melhorar a gestão do sistema de saúde local, sustentado-se em dois pilares: o primeiro é o acolhimento e a qualificação no primeiro atendimento. O outro é a informatização das UBS´s, no qual o paciente terá um prontuário eletrônico, tornando mais ágil a consulta e disponibilizando seus dados para toda a rede de saúde. Vamos vislumbrar a expansão do projeto para os oito municípios do Conisud”, falou o prefeito Chico Brito.

“Na saúde, as pessoas querem ser respeitadas e acolhidas e não só apenas ver construção de hospitais e unidades. É um foco no atendimento mais humanizado”, disse Chioro.

O presidente da Libbs, Alcebíades Athayde, ressaltou compromisso da empresa com o bem comum, para o avanço dos serviços públicos e promoção de melhorias das condições de trabalho de médicos e funcionários.

Autoridades participantes:
Pedro Passos (chefe de departamento da área de capital empreendedor do BNDES), Ivo Bucaresky (diretor de Gestão Institucional da Anvisa), Leonardo Paiva (secretário de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos e Interno), Alvaro Athayde (presidente do Conselho de Administração da Libbs); secretários municipais: Sandra Fihlie (Saúde), Fausto Martino (adjunto de Saúde), Paulo Petronilio (Governo); vereadores: Doda Pinheiro (presidente), Edvânio Mendes, Clidão do Táxi, Carlinhos do Embu, Jefferson do Caminhão, Gilson Oliveira e João Leite.

18/01/2018

Itapecerica da Serra vacina mais de 10 mil pessoas contra febre amarela

Nesse domingo de vacinação em massa contra a febre amarela em Itapecerica da Serra, a Autarquia...

16/01/2018

Registros de mortes por febre amarela aumentam cinco vezes em uma semana

Desde julho de 2017 já foram registradas 20 mortes por febre amarela no Brasil. A informação foi...

15/01/2018

Obesidade cresce entre usuários de planos de saúde, diz pesquisa

Uma pesquisa com 53 mil usuários de planos de saúde de todo o Brasil aponta aumento da obesidade...

15/01/2018

Morador de Taboão que estava internado na Bahia com febre amarela morreu

O morador do jardim Record, em Taboão da Serra, que estava internado com febre amarela na Bahia...

15/01/2018

Itapecerica realizou vacinação em massa, mais de 10 mil pessoas foram imunizadas

Dando continuidade a Campanha de Prevenção contra a Febre Amarela, a Autarquia de Saúde realizou...

12/01/2018

Morador de Taboão que passava férias na Bahia está internado com Febre Amarela

Um morador de Taboão da Serra foi internado na cidade de Itaberaba, na Bahia, com febre amarela....

12/01/2018

Prefeitura de Itapecerica reforça campanha de vacinação contra febre amarela

Após a primeira campanha de vacinação contra a febre amarela de 2017, com a imunização de mais...

08/01/2018

Macacos são encontrados mortos em Itapecerica e aumentam suspeita de mosquitos

Em um pouco mais de um mês mais três macacos foram encontrados mortos em Itapecerica da Serra....

08/01/2018

Prefeitura de Itapecerica da Serra fecha Parque da Represinha

A Prefeitura de Itapecerica da Serra decidiu fechar temporariamente para visitação o Parque da...

05/01/2018

Quase 50 mil moradores de Itapecerica já se vacinaram contra a febre amarela

Quase 50 mil pessoas já se vacinaram contra a febre amarela durante a campanha contra a doença...

18/01/2018

Secretario de transporte de Taboão se reúne com Detran

O secretário de transportes de Taboão da Serra, Gerson Pereira Brito, se reuniu na

18/01/2018

IPVA com desconto para veículos com placas final 8 vence nesta quinta

Proprietários de veículos placa final 8 têm até esta quinta-feira (18) para obter o desconto de...

18/01/2018

Futebol de base de Itapecerica da Serra avança para segunda fase da Sanca Cup 20

Com três vitórias consecutivas na fase classificatória da Copa São Carlos de Futebol (Sanca...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.