Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Bailes em sítio de Itapecerica continuam após apreensão de 300 jovens

Por Sandra Pereira | 14/10/2014

bebidas_baile2

GCM Itapecerica Sítio Fernandópolis, no Jardim Cinira, em Itapecerica da Serra 

De nada adiantou a operação policial realizada na quinta-feira, 9, no sítio Fernandópolis, em Itapecerica da Serra, quando a polícia civil aprendeu 300 jovens que estavam num baile funk realizado no local regado com bebidas e drogas. Ao menos é essa a opinião dos vizinhos do sítio que durante todo o final de semana viram a rotina de bailes, barulho e a bagunça se repetir como se nada tivesse acontecido. Havia a expectativa de que o local ficasse fechado até o final das investigações mas a operação policial parece não ter alterado a rotina dos bailes. Leia aqui.

“Não adiantou nada. Domingo o baile tava um estouro. Continua a mesma coisa, mudou nada”, disse uma vizinha do local.

Outro morador da região contou que os jovens ficam em frente das residências e ligam o som dos carros, sem se importar com o barulho.

“Eles ficam na frente das nossas casas e ligam o som dos carros como se nada acontecesse. Um absurdo. Uma total falta de respeito”, reclama indignado.

Segundo a Polícia Civil no sítio havia drogas, bebidas alcoólicas e era comum o consumo de ambas entre menores de idade. No dia da operação  o proprietário do local foi detido por porte ilegal de armas e liberado em seguida.

O Jornal na Net apurou que festas regadas com drogas, bebidas e funk são comuns do que se imagina na região. Há registro deste tipo de balada em sítios de Embu das Artes e Itapecerica – relembre aqui .  Os locais são difícil acesso e trocados com frequência para evitar identificação. As festas são fechadas e costumam reunir público recorde. Quem frequenta não condena o que ocorre lá, mas costuma manter sigilo.

As festas oferecem todo tipo de “diversão” e liberdade aos participantes. Costumam ser agendas pela internet, ou em grupos fechados e o ritmo predominante é o funk. É comum a presença de jovens nessas festas onde praticamente tudo é permitido. Longe das famílias eles aproveitam para viver todo tipo de experiência que os locais permitem.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.