Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Moradores dizem que há racionamento de água em Taboão, Embu e Itapecerica

Por Sandra Pereira | 12/10/2014

torneira_seca

Divulgação - GoogleFalta de água preocupa moradores da região 

Não é de hoje que a falta de água tira o sossego dos moradores de vários bairros de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica. Os registros de falta de água costumavam ser constantes, mas desde que o volume de água nas represas começou a cair a situação se agravou drasticamente e os moradores garantem que há meses ocorre racionamento.

Há locais nas três cidades onde as torneiras ficam sem água todas as noites. Em outros os moradores atestam que ela falta vários dias seguidos. A Sabesp nega estar havendo racionamento mas admite falta de água pontual e pede que a população economize. Em todos os locais todos se perguntam como o problema será resolvido se não chover.

“Se a gente fica sem água todo dia é porque está havendo racionamento sim”, afirma Lídia Santana, moradora de Taboão.

Em Taboão da Serra a situação é tão grave que até mesmo em bairros onde a falta de água era problema raro agora ficar com torneiras vazias é comum. Moradores de bairros como Monte Alegre, Maria Rosa, Parque Assunção, dizem que torneira vazia agora é rotina. Em várias ruas falta água pontualmente todas as noites. Nos prédios desses bairros os apelos de economia são diários. A situação é a mesma no Parque Pinheiros, Marabá, Vila Iase, Jardim das Oliveiras, Leme, Clemetino. A Vila Indiana, São Judas e Saint Moritz costumam ser campeões de falta de água.

Em Embu das Artes os moradores garantem haver locais que falta água por 5, 6, 7 dias seguidos. O problema não é novo. Mas também piorou em razão da crise no abastecimento. A falta de água ocorre em todos os bairros e regiões de Embu das Artes e já prejudica residências e estabelecimentos comerciais nos quatros cantos do município.

“Quero ver se água acabar como vamos ficar. Não se faz nada sem água”, analisa uma moradora de Embu das Artes.

Já em Itapecerica da Serra os bairros distantes do centro estão sendo literalmente castigados pela falta de água. Os moradores já se habituaram a armazenar a água que antes chegava na madrugada e agora é cada vez mais escassa. Não é raro encontrar quem passe noites em vigília a espera de água.

Tanto os moradores de Embu quanto os de Itapecerica já realizaram diversos protestos contra a falta de água.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.