Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Conisud discute projeto de aumentar oferta de leitos na região

Por Sandra Pereira | 6/07/2010

materia_reuniao_350_2.jpg

Conisud realiza reunião para conseguir mais leitos nas cidades da região

Representantes das secretarias de Saúde das seis cidades que formam o Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud) e integrantes do Poder Legislativo da região participaram de uma reunião com o superintendente do consórcio, Edgard Cruz, nesta terça-feira, 6, para discutir a oferta de leitos de retarguada pelo hospital Santa Mônica, localizado no Valo Velho.

O grupo deliberou que irá apresentar uma proposta de acordo com a necessidade das cidades visando a utilização dos leitos ociosos do hospital para amenizar os problema da falta de vagas nos seis municípios.

A idéia é desenvolver um projeto capaz de agregar as vagas oferecidas pelo hospital Santa Mônica e garantir o financiamento dos leitos. Atualmente Taboão, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço, Juquitiba e Embu-Guaçu enfrentam dificuldades para conseguir atender a população especialmente nos casos de leitos de UTI, cirurgias eletivas e tratamentos continuados.

No próximo dia 14 de julho, às 10 horas da manhã, o grupo deverá visitar o hospital para constatar in loco o que pode ser feito visando melhorar a saúde na região. As autoridades presentes cobraram maior empenho do governo do Estado para investir na melhoria da saúde.

“Construir um novo hospital para a região demanda mais tempo e recurso do que usar a estrutura física já existente para atender a população das seis cidades”, defendeu o superintende do Conisud, Edgard Cruz.


O presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes, professor Silvino Bomfim, argumentou que é preciso envolver o governo do Estado na discussão e cobrar maior atenção para a área de saúde na região.


O secretário de Saúde de Taboão da Serra, José Alberto Tarifa afirmou que as necessidades da região na área de saúde vão desde a atenção básica até os leitos de UTI. Ele avaliou que o governo do Estado não está tratando a questão como prioridade e criticou o não cumprimento do repasse mínimo de 12% de recursos do orçamento estadual para a saúde.


“A população da região aumenta gradativamente enquanto isso os recursos investidos estão abaixo do que determina a Lei”, criticou.


A superintendente da Autarquia de Saúde de Itapecerica da Serra, Michele Sales, é uma das mais otimistas com a possibilidade de parceria entre as cidades do Conisud e o Hospital Santa Mônica. “Vamos montar o projeto e depois recorrer ao governo do Estado”, declarou.


Também participaram da reunião a coordenadora do Programa de Saúde da Família (PSF) de Juquitiba, Júlio Coelho, a coordenadora de enfermagem de Embu-Guaçu, Lília Ribeiro, da secretaria de saúde de Embu das Artes prestigiaram a reunião Fausto Sousa Martins, Maria das Graças de Sousa, Laudelina Carneiro.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.