Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

GCM de Embu das Artes recupera carro e mais de R$ 80 mil em cabos de cobre da Vivo

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 30/09/2014

gcmop78

DivulgaçãoGuardas Municipais recuperaram 600 metros de fio telefônico 

Mais duas ações da Guarda Civil Municipal de Embu das Ates resultam em prisões e apreensões. No dia 27/9, a GCM da cidade evitou que mais de 600 metros de cabos de cobre, no valor de R$ 80 mil, fossem vendidos a terceiros. Durante a ronda habitual pelo Jd. dos Moraes, os GCM´s avistaram três homens ateando fogo em cabos telefônicos. Ao serem abordados e indagados sobre a origem dos materiais,  os suspeitos alegaram que compravam cabos de funcionários da Vivo e estavam desencapando para queimar o plástico.

Além disso, um dos indivíduos abordado trabalha em uma empresa terceirizada pela Vivo e estava devidamente uniformizado, com seu carro particular, caracterizado com adesivos da empresa, inclusive com escadas, alicate, serrote, ferramentas utilizadas no furto dos fios.

Todos foram levados à delegacia para averiguação dos fatos, sendo solicitado o apoio da empresa de telefonia vítima do furto. O delegado de plantão solicitou que o Instituto de Criminalística de Taboão da Serra realize os exames periciais. O responsável pela empresa que compareceu ao plantão elogiou a atuação dos GCM´s.

Roubo de carro

No dia 25, uma mulher teve seu veículo roubado na região central da cidade. A GCM foi comunicada sobre o ocorrido e, durante ronda, o veículo foi avistado sendo ocupado por três indivíduos.

Após perseguição, o carro foi parado e o homem que conduzia o veículo e os dois menores que o acompanhavam foram encaminhados à delegacia, onde foi registrado um boletim de ocorrência. O homem indiciado foi conduzido à carceragem, onde permanecerá à disposição da Justiça. Os menores foram entregues aos seus representante legais e deverão ser apresentados ao Ministério Público. Todos os indiciados são da cidade de Embu Guaçu.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.