Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Prefeitura e Estado se unem para regularizar 5 mil imóveis em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 8/09/2014

imoveis

Sandra Pereira O prefeito comemorou a regularização das áreas em menos de dois anos de governo

O prefeito Fernando Fernandes anunciou neste sábado,  06, por meio do programa Cidade Legal a regularização de mais de 5 mil moradias em Taboão da Serra nos bairros do Saint Moritz fases 1,2 e 3, Jardim Record, Ponte Alta e Gleba C. Entre as áreas regularizadas também estão as áreas públicas ocupadas irregularmente. A regularização será feita com total gratuidade para terrenos. Somente na primeira etapa mais de 1.681 moradias da extinta cooperativa Novo Horizonte serão regularizadas. A prefeitura estima que Taboão tenha 15 mil moradias irregulares.

Os documentos entregues pelo prefeito Fernando Fernandes e o secretário adjunto de Habitação Marcos Peligo ao cartório de imóveis  de  Taboão  vão permitir que em 45 dias as pessoas que quitaram suas áreas  com a família Basili deem entrada na escritura de seus lotes. A entrega dos documentos põe fim ao drama que há 15 anos os moradores do bairro Jardim Saint Moritz vivem.

“Entregamos toda a documentação ao cartório. Agora quem tiver com tudo pago poderá retirar sua escritura gratuitamente por conta do programa Cidade Legal. Os que ainda não pagaram devem procurar fazer suas negociações”, explicou o prefeito Fernando Fernandes.

Ele disse que após a regularização dos terrenos os proprietários devem procurar a prefeitura e dar prosseguimento aos processos de regularização das construções.

De acordo com o prefeito em 1997 foram criadas duas cooperativas em Taboão: a Vida Nova e a Novo Horizonte. A Vida Nova tinha por objetivo construir casas para funcionários da prefeitura e a Novo Horizonte iria atender as pessoas mais carentes da região do Pirajucara, que acabaram se tornando irregulares, por não terem sido registradas no cartório de imóveis.

O prefeito explicou que devido os terrenos não terem tamanho regular para aquisição de escrituras e preços acima dos praticados pelo mercado imobiliário, em 2005 os moradores entraram com uma ação civil pública e criminal, onde a cooperativa foi destituída juntamente com seus diretores, dai por diante a Justiça determinou que a família Basili fosse responsabilizada pela regularização do loteamento.

Em 2007 o governo do estado de São Paulo criou por meio da secretaria  de Habitação o programa Cidade Legal, que facilitou a regularização desses e vários outros loteamentos na cidade.

Fernando Fernandes ressaltou que na cidade existem quase 15 mil loteamentos irregulares. Ele disse que durante a campanha eleitoral de 2012 a principal reivindicação da população eram essas regularizações tantos das áreas particulares quantos das  públicas. O prefeito comemorou a regularização das áreas em menos de dois anos de governo.

 “Hoje, nós, prefeitura e estado estamos entregando essa documentação para o cartório. Lá elas serão revisadas, em seguidas as pessoas que estão quites com a família Basili já poderão ter as escrituras em imediato e os que não estão poderão renegociar suas dividas e adquirir posteriormente. Nos vamos colocar uma equipe da prefeitura para acompanhar as renegociações para que as famílias não sofram nenhuma extorsão nos valores a serem negociados. Meu sentimento e de dever cumprido, esse bairro teve início em nossa gestão e esta sendo legalizado também em uma gestão nossa, e um sentimento muito gostoso ”, afirmou  o prefeito.

Segundo o secretario estadual de habitação  Marcos Peligo, Taboão da Serra deve ser a campeã de loteamentos regularizados no estado  de São Paulo  chegando a ser 100% regularizada. Ele estima que entre 3 a 4 anos a cidade será totalmente legalizada.

“Hoje serão 1.681 e estamos caminhando pra mais 5 mil.  Taboão  será  uma cidade 100% legalizada, o mais rápido possível, esse e nosso objetivo essa e nossa meta”, falou o secretário.

19/10/2017

Polícia Militar abre concurso para formação de oficiais

A Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inscrições para a realização de concurso público...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

11/10/2017

Prefeito Fernando Fernandes forma mais 24 Guardas Municipais

O prefeito Fernando Fernandes formou na noite de sexta-feira, 06 de outubro, mais uma turma da...

19/10/2017

Campanha “Olhar do Bem” continua recebendo doação de óculos

Uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade e das Óticas Panamby vem ajudando pessoas com a...

19/10/2017

Embu recebe espetáculo de dança que investiga processos de autorreconhecimento

No próximo domingo (22/out), o Teatro Popular Solano Trindade recebe o espetáculo de dança...

19/10/2017

Polícia Militar abre concurso para formação de oficiais

A Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu inscrições para a realização de concurso público...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.