Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Passageiros de Itapecerica da Serra reclamam da retirada de ônibus de circulação

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 25/08/2014

onibus_350_2

Divulgação - GoogleCircular 6 Valo Velho - Samambaia parou de circular nos finais de semana

Os moradores de Itapecerica da Serra reclamam que aos finais de semana a linha Circular 6 Valo Velho - Samambaia parou de circular e de acordo com os passageiros as linhas são muito importantes e em decorrência dessa retirada é necessário utilizar mais de uma condução e andar para chegar ao destino desejado. 

Segundo passageiros tentaram contato com a empresa Miracatiba para tentar fazer uma reclamação e obter informações da retirada da linha aos finais de semana mas o telefone para contato só consta ocupado. 

Essa não é a primeira vez que o transporte público intermunicipal operado pela Empresa Miracatiba é alvo de críticas, no inicio de agosto deste ano os passageiros reclamaram da diminuição da frota de Itapecerica da Serra e Embu das Artes. Outra reclamação recorrente é devido sujeira nos coletivos e falta de educação dos motoristas e cobradores. 

Além disso, durante a semana os passageiros garantem que a frota é reduzida para o circular 6 e os ônibus demoram muito para passar nos pontos, o que causa superlotação principalmente nos horários de pico, pela manhã e no final da tarde. 

O Jornal na Net entrou em contato com a empresa MIracatiba mas não obteu resposta com relação a retirada do Circular 6 da linha. Na ligação pelo atendimento da empresa, a atendente informou a reportagem que não possui informações e que consta normalizada a linha. 

A EMTU, órgão que fiscaliza e apura eventuais irregularidades das empresas intermunicipais também não deram um retorno de esclarecimento com relação ao serviço prestado pela Miracatiba. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.