Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Jovens Leitores, da Educação de Taboão da Serra, incentiva leitura entre alunos

Por Prefeitura Municipal de Taboão da Serra | 22/08/2014

jovens_leitura

Vagner Hernandez Programa “Jovens Leitores” distribui gratuitamente livros de literatura para os alunos da rede municipal de ensino 

O escritor e cartunistas Ziraldo, autor de “O menino maluquinho”, costuma dizer que “o importante é motivar a criança para a leitura, para a aventura de ler”. Considerando este pensamento, podemos afirmar a Prefeitura de Taboão da Serra está no caminho certo. A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, criou o programa “Jovens Leitores”, que distribui, gratuitamente, livros de literatura para os alunos da rede municipal de ensino.

Segundo o secretário da pasta, João Medeiros de Sá Filho, o intuito do programa é incentivar a leitura para que os alunos criem o hábito. “Pesquisas em todo o mundo apontam que a criança que aprende a ler desde cedo, se comunica melhor, além de desenvolver a imaginação e a criatividade” – explica. “Através do ‘Jovens Leitores’ incentivamos este hábito que traz inúmeros benefícios para toda a vida, como adquirir conhecimentos, melhora no vocabulário e até adquire valores” – completa.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Paulo Montenegro, em parceria com a ONG Ação Educativa, mostrou que apenas um em cada quatro brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura, escrita e matemática. Neste sentido, a Secretaria de Educação não tem medidos esforços para reverter este quadro no município. Tanto é que, além do programa “Jovens Leitores”, 2014 foi instituído como o ano da matemática nas escolas.

Kits

Os “Jovens Leitores” é composto por 12 livros que variam de acordo com a série e a idade dos alunos, incluindo livros especial para os alunos da Educação para Jovens e Adultos (EJA). Para os quartos anos, por exemplo, o kit traz obras de autores consagrados pela literatura, como “Meus oito anos”, de Casimiro de Abreu e “Sapato Furado”, de Mario Quintana.

Já os livros para os alunos do quinto ano tratam de temas de culturas diversas, como a africana retratada em “Gosto de África - Histórias de Lá e Daqui”, de Joel Rufino dos Santos, ou a cultura indígena em “Antologia dos mitos indígenas - Outras Tantas Histórias de Origem das Coisas e do Universo”, do índio Daniel Munduruku. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.