Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Polícia Civil identifica 7 vítimas da quadrilha que atuava em Itapecerica

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 21/08/2014

acusados_itap

Genildo RochaQuatro integrantes da quadrilha que atuava com roubos de carros e outros crimes em Itapecerica da Serra

O chefe dos investigadores Geraldo Pereira de Matos, da Polícia Civil de Itapecerica da Serra agradeceu a colaboração do Jornal na Net na veiculação da matéria que prendeu quatro integrantes de uma quadrilha que atuava na região – relembre aqui. Também ressaltou que as ações que a Polícia Civil juntamente com as demais instituições realiza colaboram para a prisão de criminosos que atuam na região e afirma que muitos deles usam a cidade como rota de fuga e assaltos.

“Quero agradecer ao Jornal na Net que tem dado atenção aqui na delegacia. Veicularam uma matéria de uma quadrilha que prendemos quatro rapazes que roubavam carros e estabelecimentos comerciais, por meio da foto publicada identificamos sete outras vítimas”, afirma Matos.

De acordo com o investigador as vítimas reconheceram os rapazes e ele acredita que outras vítimas possam ainda fazer esse reconhecimento colaborando para instauração de outros inquéritos policiais. “Se antes eles pensavam em ficar 4 anos, agora podemos falar em média 20 anos na cadeia. Cada crime aumenta mais a pena”, afirma.

Geraldo Matos disse que outro suspeito de integrar a quadrilha ainda está foragido, mas já foi identificado e estão próximo de efetuar a prisão, para que ele também responda pelos crimes cometidos.

Outras vítimas podem fazer o reconhecimento dos acusados na Delegacia de Polícia de Itapecerica da Serra. O número para contato é (11) 4666-2556.

Para o investigador, Itapecerica da Serra por ser uma cidade considerada pacata e com locais afastados como Jardim Cinira e Jardim Montezano as ações dos criminosos teve uma alta, na contrapartida as ações policias com patrulhamento preventivo e também rastreamento das vítimas foi possível elucidar alguns significativos casos.

“Facilita porque Itapecerica é uma cidade pacata e as pessoas confiam muito nas outras pessoas, muitos que estão roubando são de São Paulo, que vem atuar aqui. O povo vem de fora, rouba e volta”, afirma Matos.

Recentemente foi efetuada a prisão de um estuprador que atuava na Praça dos Namorados também a prisão do acusado de matar a ex-esposa por ciúmes, além da quadrilha que assaltava caminhoneiros no Auto Posto São Leopoldo, carros e outros roubos. Além de outros casos que a Polícia Civil está em andamento nas investigações. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.