Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Vereadores de Taboão chamam concessionária Arteris de lixo

Por Sandra Pereira | 21/08/2014

taboao

Sandra PereiraRadar instalado na cidade gerou trânsito e acidentes segundo os vereadores

A Autopista Régis Bittencourt (Arteris) concessionária que administra a Br- 116 que corta Taboão da Serra e as demais cidades da região foi duramente criticada pelo vereador Marcos Paulo. O parlamentar taxou a concessionária de “lixo”. Disse que ela trabalha em Itapecerica e Embu das Artes e se queixou que não faz nada em Taboão da Serra. A crítica de Marcos Paulo foi acompanhada na íntegra pela vereadora Joice Silva. Ambos concordaram que a Arteris deixa a desejar em Taboão. 

“Essa Autopista Régis é um lixo de concessionária. Não faz nada em Taboão”, cutuca Marcos Paulo. “A concessionária é irresponsável”, endossou Joice Silva.

Os dois reclamaram do descaso da concessionária em relação ao radar de controle de velocidade instalado  praticamente em frente a padaria Auto Estrada. Para os vereadores a sinalização foi feita deforma errada o que vem gerando trânsito e acidentes no local. De acordo com Joice até a terça-feira, 19, foram 5 acidentes. Os vereadores acreditam que o problema ocorre porque a placa indicando o limite de velocidade fica longe do radar. Perto dele haveria outra placa com a indicação diferente o que gera dúvida entre condutores e provoca o trânsito.  O radar foi desligado pela Arteris na quarta-feira, 20.

“Esse radar é só mais uma prova da irresponsabilidade dessa concessionária que deveria atuar com profissionalismo e não dessa forma amadora. Uma vida não tem preço”, disparou Marcos Paulo. 

Ele propôs que na próxima semana todos os vereadores assinem requerimento cobrando da Autopista providências para solucionar os problemas que surgiram após  a instalação do radar.

Sem poupar críticas aos erros de atuação da Arteris em Taboão da Serra Marcos Paulo lembrou a perda do retorno previsto para a cidade após solicitação da prefeitura de Embu das Artes. Disse que a população é diariamente penalizada com o descaso da autopista com a cidade. Na mesma linha Joice Silva acusou o governo federal de usar força política para tirar o retorno de Taboão e levar ao Embu.  

Radar desligado 

Na tarde desta quarta-feira, 20, a reportagem do Jornal na Net constatou que o radar havia sido desligado. Os painéis que indicam a velocidade dos motoristas na Régis não funcionavam. As três pistas da rodovia no sentido a cidade de Embu das Artes registravam congestionamento. Havia dúvida entre os motoristas que trafegam quanto ao limite de velocidade. Por conta disso todos andavam bem abaixo do permitido. 

O outro lado

Em resposta a crítica dos vereadores Marcos Paulo e Joice Silva a Autopista Régis Bittencourt esclareceu por meio de nota enviada ao Jornal na Net  que, desde 2008, quando assumiu a responsabilidade pela administração da BR-116/SP, vem investindo em melhorias no trecho da rodovia que passa por Taboão da Serra, entre elas a construção de quatro novas passarelas e a recuperação de cinco passarelas existentes, a restauração do pavimento das duas pistas, melhoria da sinalização vertical e horizontal, além dos serviços de atendimentos aos usuários 24 horas por meio das equipes operacionais da Concessionária, que cobrem o trecho de Taboão da Serra. 

Sobre a construção de trevo no km 277,6, a Autopista Régis Bittencourt informa que a obra beneficiará tanto os usuários de Taboão da Serra quanto de Embu das Artes, pois trata-se de um dispositivo com extensão viária que vai do km 276,4 ao km 277,6. O início das obras está previsto para dezembro de 2014 e ocorrerá após a aprovação do projeto executivo pela ANTT, a conclusão dos processos de licenciamento ambiental, desapropriação, obtenção de posse das áreas afetadas e, principalmente, da remoção de interferências nas áreas de obras, sob responsabilidade da Eletropaulo, Telefônica, COMGÁS, Sabesp, entre outros. 

Cabe destacar ainda que Taboão da Serra já recebeu da Autopista Régis Bittencourt até o momento, conforme prevê o contrato de concessão da rodovia BR 116, a quantia de R$ 1 milhão proveniente do ISS recolhido da receita do pedágio, recurso de uso exclusivo do município.   

Por fim, a Autopista Régis Bittencourt esclarece que há sinalização de regulamentação de velocidades no trecho onde há o radar no km 271 da pista sentido Curitiba, da BR-116/SP. A placa de regulamentação dos limites de velocidade está alocada no km 270, a um quilômetro do radar, com a indicação de 80km/h para veículos leves e 60km/h para veículos pesados, incluindo na parte superior o aviso de “Fiscalização Eletrônica”. A Concessionária irá reforçar a sinalização vertical no trecho que antecede os radares, com placas indicando que há fiscalização eletrônica na Rodovia. Este serviço será executado até o final de agosto.

sergio

Engraçado a eficiência dos radares instalados no Taboão da Serra. Passou o sinal vermelho a multa é certa. Até aí tudo bem, mas qdo tu precisa de algum serviço de qualquer orgão público aí você tem a certeza da demora e da ineficiência.

Itapecerica

Sr vereador , você foi eleito no Taboão e trabalha por Taboão mas não pense o senhor que Itapecerica e o Embu tem problemas menores que do Taboão, pessoas morrem todos os dias por falta de investimentos aqui, a empresa pode ter decidido investir aqui por questões técnicas, por achar que aqui no momento precisa mais que Taboão, vocês serão beneficiados logo logo com obras de grande importância como poupa tempo e metrô, parece que só existe Taboão no mundo, mas um dia vocês viram pra cá pedir votos quando forem candidatos a deputado, né??? ai existira Itapecerica e Embu, né???

J N

Confundir placa de altura de obstáculo com indicação de limite de velocidade de via é de doer, aonde esses motoristas tiraram suas habilitações?

Gomes

Vereador de Taboão da Serra tem mania de se intrometer até em receita de bolo, nada fazem de útil pela cidade e querem criticar a concessionária? Os nobres parlamentares sabem quantas mortes e acidentes aconteceram neste trecho? É preciso ter regras no trânsito e fiscalização nunca é demais.

Ricardo Salmazi

Só pra complementar o absurdo, há uma placa na passarela onde se encontram os radares em Taboão da Serra (sentido Curitiba) que sinaliza a "altura" máxima sob a passarela, que é de "5.0 mts" (cinco metros). Pois bem, muitas pessoas confundem essa informação como "50 Km/h", reduzindo a velocidade absurdamente para o local, causando acidentes e engavetamentos. Em suma, se não fosse no Brasil, isso seria considerado um absurdo. Parabéns aos burocratas!

Marcos Paulo Cunha

Sem falar do trânsito no largo do Taboão. Nunca consegui entender como um profissional que se diz "Engenheiro" pode gastar tanto dinheiro para gerar tantos congestionamentos... uma série absurda de semáforos. Porque não utilizaram o formato de "balão" ao redor do piscinão, similar ao da Praça 14 Bis em SP??? Lá o trânsito nunca pára!

juliana guerra

concordo plenamente. a Autopista é horrivel. instalam placas no portao da nossas casas, radares em locais nao estudados, quando se liga dao informações desencontradas.... os tres radares que entraram em funcionamento - Taboao, Embu e logo apos o pedagio são geradores de transtornos e passiveis de acidentes. o trecho do embu a itapecerica ja é intransitavel nos horarios de pico agora com o radar as filas sao de kms..

Maria Valquiria

CONCORDO ... Auto pista é um lixo!! Fora que agora existem bares a beira da rodovia e nada é feito, ao contrario sempre estamos vendo carros da auto pista no bar e o motorista sai do rindo... mandamos email e até agora nada foi feito. Fazem apologia contra bebida... camapanha se beber não dirija, mas na pratica é muito diferente, né. Este bar fica antes do shopping na altura do numera 2851 da REIS BITTENCOURT. Estamos cansados de descaso com a gente, fiscalização da PMTS não existe mas, GCM não adianta chamar e agora até a AUTO PISTA... VERGONHA E INDIGNAÇÂO!!

Valeska Silva

Dessa vez eu também concordo com os vereadores. Cada vez mais essa região é mais castigada pelo trânsito. E nada é feito para melhorar esse caos! Lamentável!!!

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Senado aprova em 1º turno fim do foro privilegiado de políticos e autoridades

Senado aprovou nesta quarta-feira (26), em primeiro turno, a proposta de emenda à Constituição...

26/04/2017

Temer decide cortar ponto de servidores que entrarem em greve

O presidente Michel Temer decidiu que cortará o salário dos servidores que participarem da greve...

25/04/2017

Bom Prato de Taboão começa a funcionar nesta quarta (26) com almoço a R$ 1,00

O prefeito de Taboão da Serra, Fernandes Fernandes Filho, anunciou no começo da noite desta...

22/04/2017

Taboãoprev presta contas de 2016 em audiência da Comissão de Finanças da Câmara

A Autarquia Previdenciária do Município de Taboão da Serra (Taboãoprev) realizou prestação de...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.