Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Audiência de prestação de contas da saúde em Embu

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 29/06/2010

2801.jpg

Audiência para prestar contas da saúde é realizada no Embu

Na última quarta-feira, 23/6, foi realizada na Câmara Municipal a audiência pública de prestação de contas da Secretaria de Saúde. A secretária Sandra Magali Fihlie apresentou o orçamento e os gastos do primeiro trimestre de 2010.

Os recursos destinados à  saúde, para esse ano, são de mais de R$ 56 milhões. Desse valor, já foram empenhados, ou seja, já estão comprometidos R$ 21.535.000,00. Esse recurso foi utilizado na manutenção geral (pagamento de pessoal, prestadores de serviço etc); modernização administrativa (capacitação de servidores e equipamentos e tecnologia para informatização); programa Geração de Trabalho e Renda (funcionários da frente de trabalho); comunicação (campanhas, eventos e assessoria de imprensa); programa Vida Saudável, que visa investimentos na melhoria dos equipamentos de saúde (construções e reforma de prédios, equipamentos laboratoriais, implantação de serviços, dentre outros) e promoção de saúde.

Há também recursos destinados à compra de medicamentos para o programa Dose com Carinho. O gasto previsto para esse ano é de R$ 730 mil e, segundo a secretária, nos três primeiros meses já foram empenhados mais da metade desse valor, ou seja, R$ 355 mil. “Esse mês, colocamos mais de R$ 200 mil de recurso próprio em remédios. Isso significa que a população está tendo mais acesso aos medicamentos”, ressalta Sandra Magali Fihlie.

O programa Saúde Alerta é  voltado aos cuidados com vigilância em saúde e consiste no controle de populações de cães e gatos através da castração dos animais, implantação de núcleos epidemiológicos de pesquisa e informação em saúde. Para isso, estão previstos gastos de R$ 528 mil para esse ano e já foram empenhados cerca de R$ 13 mil.

Por fim, os investimentos nos programas Viver Melhor e Formar Qualidade – o primeiro voltado a projetos de promoção de saúde e o segundo à capacitação – têm orçamento previsto de R$ 100 mil e R$ 319 mil, respectivamente. De toda receita arrecadada 65,92% provêm dos recursos do município, 33,64% da União e os outros 0,44% de rentabilidade financeira, fruto de investimentos no mercado financeiro.

Esses investimentos se refletiram nos serviços prestados à população. Um exemplo é a produção ambulatorial que aumentou a quantidade de atendimentos feitos nas unidades de saúde, tanto básicas quanto de alta complexidade. No primeiro trimestre foram feitos 833.321 atendimentos, um aumento de 3% se comparado com o mesmo período de 2009 e de mais de 11% se comparado com 2008. Segundo Sandra Magali Fihile esses números indicam maior acesso da população aos serviços de saúde, mas alerta: “agora temos que pensar a forma desses acessos, se eles serão para tratar apenas de doenças ou para a promoção de saúde”.

Mas a secretaria caminha para isso, como mostra o indicador de produção ambulatorial, que são ações de promoção e prevenção de saúde. No primeiro trimestre foram 178.910 atendimentos, contra 161.314, no mesmo período de 2009, 146.890, em 2008. Já os exames laboratoriais aumentaram, passando de 129.540, no primeiro trimestre de 2009, para 151.186, no mesmo período em 2010. “Hoje ainda temos dificuldades no acesso aos exames laboratoriais, mas os números de atendimento e procedimento vêm crescendo ao longo dos anos. Quando comparado com o ano passado, esse índice cresceu 37%”, aponta a secretária de Saúde.

Dentre os dados da Vigilância em Saúde, o que mais se destaca são os casos de dengue que tiveram uma leve alta. Foram registrados 30 casos no primeiro trimestre desse ano contra 27 no mesmo período de 2009. Segundo a secretária de Saúde, esse resultado já era esperado, pois houve um aumento no estado inteiro em razão da quantidade de chuva.

Os indicadores que envolvem prevenção de doenças mostram que as ações estão surtindo efeito. Foram registradas apenas duas internações de idosos em janeiro desse ano, porém nos meses de fevereiro e março não houve registros. Outro indicador que está acima da média é o de realização de exames citopatológicos cérvico-vaginais (auxilia no diagnóstico de câncer de colo de útero e de mama), no primeiro trimestre de 2010 foram feitos 4.656 exames. Ao olhar os dados mensais, pode-se observar que os índices vêm crescendo mensalmente quando comparados com o ano passado. Isso representa aumento no acesso a exames como de mamografia.

Mais um dado bastante expressivo é o da taxa de internação por diabetes mellitus em população de 30 anos e mais. No primeiro trimestre de 2010. O percentual está próximo de zero, já no mesmo período de 2009 esse índice era 0,7% da população nessa faixa etária. Segundo a secretária de Saúde, isso se deve pelas ações realizadas no município para prevenir ou atender rapidamente as pessoas que apresentam algum sintoma.

Sandra Magali Fihlie conclui que: “a saúde tem muito a caminhar, mas o governo municipal está investindo esforços e recursos para melhorar a saúde, sempre com muita responsabilidade”.

Texto: Júlio Marcondes - Assessoria de Imprensa de Embu das Artes

 

19/07/2017

Brasil terá fábrica de testes de zika e chikungunya

O laboratório alemão EUROIMMUN, líder mundial em diagnóstico autoimune e o único no Brasil a...

16/07/2017

Instituto Edusa vai assumir saúde de Embu das Artes dia 1º de agosto

Cumprindo uma das suas principais propostas de campanha a administração do prefeito Ney Santos...

14/07/2017

Saúde de Taboão da Serra inaugura Oficina de Aleitamento Materno

A Secretaria de Saúde de Taboão da Serra dá um novo passo para a promoção de políticas públicas...

12/07/2017

Profissionais de Saúde iniciam formação voltada às urgências em Itapecerica

Desenvolvido pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz em parceria com o Ministério da Saúde (MS) no...

11/07/2017

ANS abre consulta para inclusão de medicamento para esclerose múltipla

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) acaba de lançar consulta pública (CP) para a...

05/07/2017

Frio quebra recorde em várias capitais do Brasil. Saiba como evitar as doenças c

29/06/2017

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 7 de julho

A campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o próximo dia 7 de julho. O objetivo...

27/06/2017

Saiba como acabar com o ronco e melhorar sua noite de sono

Muitas pessoas apresentam algum tipo de distúrbio durante o sono e um dos mais comuns é o ronco,...

26/06/2017

Cirurgia plástica no inverno traz benefícios que vão do pós-operatório à rotina

Quando começa a preparação para a realização de uma cirurgia plástica, uma das dúvidas mais...

21/07/2017

Prefeitura de Embu traz novo modelo de gestão para alimentação escolar

21/07/2017

Itapecerica tem Semana do Empreendedorismo em Ação entre 31/07 e 03/08

A Prefeitura de Itapecerica da Serra e o Sebrae-SP realizam entre 31 de julho a 3 de agosto a...

21/07/2017

Atenção para o licenciamento: julho é o mês de veículos com placas final 4

Os proprietários de veículos com placas final 4 já podem fazer o licenciamento. A data limite...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.