Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Vandalismo altera rotina em linhas circulares de Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 1/08/2014

onibus

Anderson Dias Motoristas realizam as primeiras viagens até a praça Nicola Vivilechio, no Taboão

O medo virou rotina entre os motoristas das linhas circulares de Taboão da Serra nos finais de semana. A maioria teme realizar a primeira viagem em direção ao centro da cidade. O fato se tornou rotina após os ataques constantes de vândalos que atacam os coletivos durante a madrugada. Na primeira viagem do dia funcionários da Viação Fervima orientam os passageiros que entram ao ônibus, que o trajeto será somente até a praça Nicola Vivilechio. Leia mais sobre os ataques a ônibus aqui.

Os passageiros que precisam ir adiante são obrigados a descer na praça e seguir andando. Muitos tentam questionar os motoristas, mas a resposta que recebem é a de que trata-se de um pedido da empresa, para evitar prejuízos. “Não se pode jogar uma decisão como essa em cima dos passageiros, não temos culpa disso, outros destroem e nós é que pagamos por isso”, reclama Ana Roberta.

Procurada pela reportagem do Jornal Na Net, um dos responsáveis pela Pirajuçara/Fervima, confirmou o fato. De acordo com ele, vários casos de vandalismo contra os coletivos já foram registrados e, por conta disso os funcionários [motoristas], são orientados a ir somente até a praça, pois os danos causados atrapalham não só a empresa como também os passageiros.

“Eu e todos os demais passageiros utilizamos o transporte público por necessidade, isso é injusto conosco”, afirmou Barbara Xavier.

Os passageiros ainda relatam outra questão, que já foi denunciada pela reportagem do Jornal Na Net, o SAC (Sistema de Atendimento ao Cliente), não funciona e quando é preciso esclarecer dúvidas um departamento joga o problema para o outro, e a solução não aparece – relembre aqui

Segundo os usuários são falhas que dificultam o acesso dos usuários diretamente com a empresa, em outras ocasiões a nossa reportagem comprovou isso e, para esta reportagem não foi diferente, o que mostra que não houve evolução neste quesito. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.