Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Moradores do Jardim Cinira sofrem com onda de arrastões nos pontos de ônibus da região

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 17/07/2014

dp

DivulgaçãoMoradores do Jardim Cinira sofrem com onda de arrastões 

Os constantes assaltos na região do Jardim Cinira, em Itapecerica da Serra vem tirando a tranquilidade dos moradores que saem pela manhã para trabalhar ou estudar. Segundo relatos, frequentemente arrastões são praticados por volta das 6h da manhã nos pontos de ônibus. No último dia 07 de julho, dois suspeitos de moto praticaram a ação em um ponto de ônibus do Jardim Cinira e fez uma vítima, baleada por quatro tiros e faleceu no local.

Segundo informações do Chefe dos Investigadores, Geraldo Pereira Matos, dois indivíduos abordaram pessoas no ponto de ônibus levando celulares. No mesmo ponto, um homem identificado como Iva Pedro Martins, 44 anos, reagiu e o menor efetuou quatro disparos, a vítima veio a falecer. O menor mora no Jardim Ângela e já tem passagem na Febem por assalto.

Uma testemunha prestou depoimento na delegacia e informou a placa da moto dos acusados. O menor já foi identificado mas o segundo suspeito não foi identificado e continua foragido.

De acordo com o investigador, os assaltos são em decorrência de realização de bailes funk na região, em sítios localizados no Jardim Cinira. Ele afirma que os casos são registrados nas manhãs de segunda-feira, devido à ocorrência dos bailes no final de semana. Muitos jovens participam desses bailes e praticam os roubos de celulares para trocar por drogas.

“O objetivo é trazer paz para as pessoas que saem de manhã para trabalhar. Muitas delas esperam os ônibus dentro de casa e só saem quando o ônibus está próximo”, afirma o investigador. Geraldo Matos garante que é necessária uma colaboração da Polícia Militar em realizar um patrulhamento direcionado para esses casos em especial nos bailes funk que acontecem nos sítios nas madrugadas.

Carlos nunes

Na verdade o que há de verdade é a inércia e a falta de profissionalismo por parte das autoridades policiais. Ao invés de colocar a culpa na PM por que o investigador chefe não faz seu serviço de inteligência e "cai" pra dentro desses sítios onde rola drogas e tudo mais, pois se ele sabe o que rola por que não prende os responsáveis.Por outro lado a PM sim tem culpa também,pois não faz com inteligência seu trabalho de prevenção. É sempre o mesmo discurso que não tem efetivo...pois bem, na festa de rodeio encheu de PMs ao redor do evento, veio policias de outras regiões, enquanto na região do valo velho, cinira e adjacências ficaram às moscas. Por que não se empenham em trazer efetivos de outras áreas para dar uma resposta aos bandidos que atacam a região.Para uma festa particular tem policiamento e efetivo mas para garantir a segurança de pais de familia não tem.

Carlos nunes

Na verdade o que há de verdade é a inércia e a falta de profissionalismo por parte das autoridades policiais. Ao invés de colocar a culpa na PM por que o investigador chefe não faz seu serviço de inteligência e "cai" pra dentro desses sítios onde rola drogas e tudo mais, pois se ele sabe o que rola por que não prende os responsáveis.Por outro lado a PM sim tem culpa também,pois não faz com inteligência seu trabalho de prevenção. É sempre o mesmo discurso que não tem efetivo...pois bem, na festa de rodeio encheu de PMs ao redor do evento, veio policias de outras regiões, enquanto na região do valo velho, cinira e adjacências ficaram às moscas. Por que não se empenham em trazer efetivos de outras áreas para dar uma resposta aos bandidos que atacam a região.Para uma festa particular tem policiamento e efetivo mas para garantir a segurança de pais de familia não tem.

É impossível continuar com essa situação lastimável porque os bairros do Valo Velho, Jd. Cinira, Jd. Idemori e outros...estão sofrendo com a violência e os assaltos todos os dias da semana, os bandidos não tem mais medo de nada, roubam com a maior tranquilidade a qualquer hora do dia. Os moradores estão se sentindo prisioneiros dentro do seu próprio lar.Os trabalhadores ficam escondidos no portão esperando o ônibus passar e saem correndo para não ficar no ponto com medo de assaltos. Pedimos mais segurança pelo amor de Deus, não é justo pessoas de bem passar por situações como essa, ou será que precisa acontecer mais mortes para que providências sejam tomadas. Autoridades só lembram dos bairros mais afastados do centro quando esta perto das eleições.....muitaindignação

Brunna

Tá mais do que na hora de ser tomadas providencias, os moradores já não aguentam mais trabalhar para sustentar vagabundos. Tá todo mundo indignado no Cinira, não há segurança nenhuma. Um homem bom e trabalhador morreu por não aguentar mais ver a injustiça todo dia batendo nas nossas portas. Pelo amor de Deus isso tem que parar, agente precisa de paz. E que a JUSTIÇA SEJA FEITA porque é absurdo um trabalhador morrer por falta de segurança. Um bom homem amigo de todos do bairro morreu e nem assim as autoridades fazem algo, os assaltos continuam dia após dia, a agente aqui de braços atados. Eles aterrorizam e não tem medo de matar. Quem mais vai ter que morrer? O bairro inteiro? Quem sabe assim alguém olha por nós. Se bem que depois que já tiver morrido o bairro inteiro ai não precisa mais né! Lastimável, Itapecerica da Serra já foi um bom lugar para se viver, hoje é um inferno!

yvonne

Pego ônibus alguns pontos antes da garagem da Miracatiba e não está muito diferente por lá. É muito perigoso e não há policiamento suficiente. Soube de caso que pela manha uma moto com 2 pessoas rondava por lá varias vezes passando pelo ponto. Outro caso de uma vizinha que desceu a noite do ônibus, um elemento acompanha a pessoa até a estrada mais deserta e lá, assalta. Tem que ter mais ronda policial pelos bairros, na estrada João Rodrigues, prox da escola modelo, lá parece ponto de assalto

22/09/2017

Polícia prende seis pessoas suspeitas de integrarem quadrilha de roubo de cargas

A Polícia Civil conseguiu efetuar a prisão de seis pessoas na noite desta quarta-feira (20), em...

21/09/2017

Rapaz confunde carro e é morto por agente penitenciário em Itapecerica da Serra

Um agente penitenciário pensou que seria vítima de um assalto, atirou em homem que estava...

21/09/2017

Fiscalização do CROSP em ação conjunta com a Vigilância Sanitária identifica pro

Depois de receber uma denúncia sobre suspeita de exercício ilegal da Odontologia, na cidade de...

20/09/2017

PM prende quadrilha armada acusada de assaltos no Monte Alegre e região

A Polícia Militar prendeu na noite desta terça-feira, 19, quatro homens acusados de praticar...

19/09/2017

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

A Polícia Federal descobriu fraudes em 14 concursos públicos nacionais aplicados pela Fundação...

16/09/2017

PM recupera aparelhagem de som roubada de igreja no valor de 8 mil em Embu

Uma ação rápida da PM resultou na prisão de dois homens acusados de furtar toda a aparelhagem de...

10/09/2017

Moradores do Vista Alegre denunciam assaltos cometidos por trio de menores

Cansados dos assaltos constantes, os moradores do jardim Vista Alegre, em Embu das Artes,...

08/09/2017

PM prende três homens por roubo de veículo e tentativa de homicídio em Taboão

Três homens foram presos por policiais da 3ª Cia do 36M, na noite desta quinta-feira, 7 poucas...

06/09/2017

ROMU de Taboão recebe novos escudos entregues pelo prefeito Fernando Fernandes

A equipe do ROMU (Ronda Ostensiva Municipais), da Secretaria de Segurança Pública de Taboão da...

24/09/2017

Itapecerica debateu enfrentamento da Violência contra as Mulheres

A Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Itapecerica da Serra, por...

24/09/2017

Matematicando transforma Parque das Hortênsias em sala de aula ao ar livre

Pelo terceiro ano seguido o Parque das Hortênsias, em Taboão da Serra, se transformou em uma...

24/09/2017

14º Festival de Flores e Plantas marcou a chegada da primavera em Embu

O 14º Festival de Flores e Plantas de Embu das Artes ocorrido neste final de semana celebra em...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.