Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Meio Ambiente

MTST ocupa terreno na Avenida Rotary em Embu das Artes

Por Sandra Pereira | 25/06/2010

sem_terra1.jpg

MTST de Embu das Artes ocupa terreno na Avenida Rotary

Mais de 350 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) invadiram na noite desta quinta-feira, 24, um terreno localizado na Avenida Rotary, em frente ao Supermercado Alta Rotação, em Embu das Artes.

Em poucos minutos eles ocuparam o local e começaram a montar acampamento, com uma habilidade surpreendente. Os Sem Teto se concentraram no local por volta das 23 horas. A polícia foi acionada e instantes depois chegou ao local.

De acordo com Guilherme Boulos, coordenador do MTST, o objetivo da ocupação é pressionar os ambientalistas de Embu para garantir que no local seja construído um conjunto habitacional já aprovado pela prefeitura. Ele disse que os ambientalistas da cidade entraram com uma ação na justiça que impede a construção de moradia no local.

"O objetivo é pressionar os ambientalistas da cidade.  A ocupação deixa claro que a situação não pode ficar como está.  A questão ambiental é importante, mas nós queremos a construção de conjunto habitacional aqui", afirmou. "A ação que eles conseguiram é ilegítima, impede qualquer construção aqui", completou.

Guilherme Boulos declarou que o movimento tem um pré-projeto aprovado pela CDHU que tem o apoio da prefeitura de preservação de 1/3 da área de 450 mil metros quadrados, onde seriam construídas 1.200 unidades.

"Essa área não pode continuar como está. É um local de entulho, sem uso, a questão ambiental é importante. A ocupação não vai durar muito tempo, mas abre um canal de negociação", afirmou Boulos.

Ele disse que em relação a área ocupada em Taboão da Serra os trabalhadores estão tranquilos e confiantes de que o local será desapropriado.

Quem passava pelo local no momento da ocupação se surpreendeu com a quantidade de pessoas cruzando a Avenida Rotary levando pedaços de pau e lona.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.