Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Conseg de Itapecerica discute segurança nas escolas e policiamento preventivo

Por | 22/06/2010

conseg_itap.jpg

Conseg de Itapecerica discute segurança com Policial Militar

Segurança nas escolas, policiamento preventivo e quantidade de carros (viaturas) que a Polícia Militar tem a sua disposição foram os temas predominantes na reunião do Conselho Municipal de Segurança (CONSEG de Itapecerica da Serra). A reunião transcorreu em clima de normalidade, segunda-feira, 14 de junho, na Câmara Municipal de vereadores (na antiga), sem a presença de muitos munícipes, mas com a participação efetiva de um dos membros nato (representante da Polícia Militar).

O primeiro tema em pauta foi à quantidade de viaturas que a PM tem a sua disposição, segundo o PM Aspirante Monteiro são seis viaturas, sendo duas destinada a força tática e quatro para a ronda escolar. “Mas essas viaturas não são de uso exclusivo a Itapecerica, elas se deslocam por todas as cidades dos municípios ao entorno de Itapecerica”, afirmou Monteiro.

Assim, como discutido no Conseg do Pirajuçara (Taboão) as ocorrências não são realizadas, afinal o número de casos de estupro, roubo, entre outros crimes não são documentados. “A Polícia Militar trabalha com dados, com as ocorrências que existirem na delegacia, usamos as informações combinadas, naquele dia e horário aconteceram tais crimes, é a partir desse momento que a PM começa a prestar mais atenção naquele bairro. Sem dados confirmados não conseguimos saber de todas as ocorrências na cidade”, ressaltou.

O PM Monteiro ainda frisou que é de extrema importância registrar as ocorrências, mesmo que seja apenas de furto, com um valor irrisório. “Trabalhamos com o policiamento preventivo, isso significa que a comunidade também deve confiar nos policiais e registrar o boletim de ocorrência (B.O), assim conseguiremos prevenir crimes, pois, prender não adianta muito se ele (criminoso) não for socializado, o importante é combater aquele criminoso com a ajuda da comunidade”, justificou.

Confirmando o dado alarmante de que os boletins de ocorrência não são feitos pelos moradores o presidente do Conseg afirmou que em conversa informal com um comerciante do Parque Paraíso ele informou que já presenciou um furto com valor de R$ 40,00 e também se queixou da alta velocidade que as viaturas da PM trafegam pelo bairro. “Segundo ele, as viaturas deveriam trafegar em baixa velocidade, pois os policias poderiam perceber qualquer reação diferente do comerciante ou do consumidor. Além disso, percebi que os comerciantes e moradores se inibem de comparecer na delegacia para prestar a queixa formal”, explicou o presidente do Conseg senhor Reinaldo Florença.

Aproveitando a presença do Policial Militar a também presidente mais de outro conselho o CONEGRO Kátia Trindade afirmou que já ouviu diversas queixas sobre a forma de abordagem da PM em relação ao menino branco e ao negro. “Um menino negro estava passando na rua de mochila e material na mão e ele foi abordado, já todos os outros meninos (brancos) que passavam pelo local também com material na mão e mochila não foram abordados, porque essa diferenciação de abordagem?”, questionou.

O Policial Militar Monteiro afirmou não existir nenhuma diferenciação de abordagem, o que acontece segundo ele, é que as informações passadas a PM são de que existe um menino negro com tais características. “São com essas informações que a abordagem é feita, mas sem diferença, não abordamos o branco, pois a informação é sobre o negro. A abordagem é feita através de revista ao individuo e análise de documentos, se não constar nenhum material ilícito, ou passagem pela policia o individuo é liberado”, justificou.

Ainda em relação a abordagem o PM Monteiro explicou que a corporação da PM analisa os dados e se constatar que naquele momento alguém está praticando alguma atitude suspeita, ele (PM) irá abordar, porque é o seu trabalho. “Por exemplo, se o Policial encontra em dia de calor temperatura de 30° um individuo de sobretudo, ele está em uma atitude suspeita e será com toda certeza revistado”, explicou.

Em relação à ronda escolar Dona Geralda (da Secretária de Saúde) afirmou que muitos alunos estão sendo roubados na porta da escola na hora da saída e que, além disso, outras pessoas de bairros distantes aquela escola estão vendendo drogas. “A ronda escolar parece que não está funcionando, prevenir fica mais barato para o governo”, opinou.

O PM afirmou que dessas quatro viaturas somente duas fazem a ronda escolar, pois as outras duas são destinadas a outros serviços. “São poucas, estamos lutando para conseguir mais viaturas, o apelo também deve ser feito pela sociedade. Mesmo com essas duas tentamos fazer o nosso trabalho, qualquer viatura que passar pela escola e perceber alguma coisa, mesmo não sendo de ronda escolar, fará o seu trabalho”, afirmou.

Questionado sobre o som alto nos bares em Itapecerica, o Policial Militar informou que o morador que se sentir incomodado deve entrar em contato com o telefone 190 e fazer a reclamação, se depois de cinco minutos não for atendido deve retornar a ligação. “O que acontece muitas vezes é o morador entrar em contato com a PM pelo 190 e não retornar a ligação, ou passar um telefone e não conseguirmos entrar em contato novamente, então priorizamos a ocorrência mais grave, temos que escolher, porque muitas vezes são inúmeras ocorrências e com a quantidade de viaturas não conseguimos comparecer em todas”, explicou.

De acordo com o Presidente Reinaldo Florença a próxima reunião está marcada para o dia 12 de julho, às 19h, provavelmente na Câmara de Vereadores, afinal os mesmos estarão em recesso neste mês.

22/02/2018

Moradores do Saint Moritz reclamam do aumento do IPTU

Os moradores do Jardim Saint Moritz, em Taboão da Serra, reclamam do aumento do IPTU 2018 no...

19/02/2018

Renato Oliveira é indiciado por atentado contra Binho e exonerado da prefeitura

A Polícia Civil indiciou na sexta-feira, 16, o subsecretário de Gestão Tecnológica e Comunicação...

18/02/2018

Agências bancárias da região fecham nesta segunda em adesão a greve nacional

Os bancos em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica não irão abrir nesta segunda-feira (19) como...

17/02/2018

Embu das Artes celebra 59 anos de emancipação neste domingo

A cidade de Embu das Artes comemora no próximo domingo (18), 59 anos de emancipação...

15/02/2018

Itapecerica tem mais de 1.080 crianças realizando trabalho infantil, diz IBGE

Estudos recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontaram que no...

07/02/2018

Moradores do Jardim São Marcos reclamam da frequente queda de energia

Moradores do Jardim São Marcos em Embu das Artes, estão reclamando das constantes quedas de...

09/01/2018

Moradores do Parque Adélia voltam a ficar ilhados após chuva em Itapecerica

Moradores do Parque Santa Adélia já não aguentam mais ficarem ilhados toda vez que chove....

08/01/2018

Corpo de Bombeiros orienta como prevenir acidentes domésticos nas férias

O tão esperado período de férias chegou. Junto, uma notícia preocupante, especialmente para os...

13/12/2017

Taboão da Serra celebra Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

22/02/2018

Inspeção recupera mais de R$ 4 bi de recursos do FGTS em 2017

A fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) recuperou, em 2017, R$ 4,2 bilhões em...

22/02/2018

País registra 164 mortes por febre amarela desde julho

Entre 1º julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela...

22/02/2018

Jorge Costa cumpre com o dissídio dos servidores de Itapecerica da Serra

O prefeito Jorge Costa convocou nesta quarta-feira (21), uma reunião no Ginásio Municipal de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.