Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Grevistas querem abertura de negociação com prefeito de Taboão

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 17/06/2014

greve3

DivulgaçãoGrevistas fizeram concentração na Praça Nicola Vivilenchio, Taboão da Serra

Servidores públicos de Taboão da Serra em greve há 10 dias  se reuniram nesta segunda-feira, 16,  na praça Vivilechio. Eles querem a reabertura das negociações com o prefeito sobre a pauta do movimento grevista. Fernando Fernandes afirmou que irá receber os grevistas apenas no dia 24 de junho. Para ele a greve é um fato isolado, já que apenas 116  dos 1.600 professores ativos na rede municipal de ensino aderiram a greve.

Os grevistas reivindicam reajuste imediato de 40%, vale transporte, vale alimentação compatível com o valor de uma cesta básica de R$ 500,00, revisão do plano de carreira do magistério, devolução do qüinqüênio e sexta parte dos professores retirados em 2010, evolução horizontal e vertical imediata, licença para acompanhamento de terceiros, transformação das ADIs em PDIs (professor de desenvolvimento infantil), redução da jornada das ADEs (assistente de desenvolvimento escolar) para 6 hs sem redução de salário.

Além de redução da jornada das auxiliares de classe para 6hs sem redução de salário e regularização da situação das mesmas que estão assumindo salas sozinhas, sobretudo nas EMIs e plano de saúde.

Grevistas acreditam que a nota do prefeito foi reflexo da manifestação feita na sexta-feira, 13, onde ocuparam a Rodovia Régis Bittencourt. E enviaram resposta para a nota do prefeito. O comando de greve em nota oficial afirmou, considerando a data para conversa: Consideramos isso uma postura intransigente do prefeito, pois, se pretende de fato negociar, que reabra as negociações imediatamente. Este seria o melhor caminho para buscar o entendimento com as trabalhadoras e os trabalhadores, possibilitando a normalização dos serviços públicos afetados pela greve.

Finalmente, diante da nota do prefeito, o Comando de Greve do Funcionalismo reafirma sua plena disposição de retomar imediatamente as negociações, e ao mesmo tempo a nossa firme determinação de dar continuidade à greve do funcionalismo, conforme decisão da última assembleia. Negociação, já!

luciara

Os professores do Taboão estão corretos em lutar por seus direitos, só para ter idéia, ano passado, este mesmo jornal, publicou no dia do funcionário público da prefeitura do Taboão, que o prefeito tinha dito de dar vale transporte aos funcionários públicos da prefeitura. Daqui a pouco vai fazer um ano desta promessa e essa ajuda de custo nunca veio. Os professores são trabalhadores como qualquer outro trabalhador, mas não possuem os mesmos direitos, tem que pagar a condução do seu próprio bolso e o valor do vale alimentação que recebem não dá nem para fazer a feira. Convênio médico? Nem pensar, a não ser que você pague do seu bolso. Muitos professores não aderiram a greve para não prejudicar o atendimento as famílias que precisam deixar seus filhos na creche para poderem trabalhar, são pessoas que trabalham por amor, porque se fossem pensar no dinheiro, não estariam nesta profissão!

Fernanda

Está na hora deste sindicato começar a brigar pelos direitos da categoria de outra forma, entrar na justiça e cobrar via justiça os direitos da categoria. Está na hora também dos cidadãos e políticos do nosso país valorizar mais estes profissionais, pois estudam tanto e não tem valorização nenhuma. Parabéns aos professores pela garra!

Antonio Pereira

Uma vergonha, um município fingir que os servidores concursados não existem. Não é somente na educação que há o problema salarial, é em todo o funcionalismo municipal que não tem política salarial há 18 anos e já estão quase pagando para trabalhar.

19/04/2017

Estado diz que muro do Ruy Cardoso vai custar R$ 349 mil, mas não fixa prazo

A Secretaria Estadual de Educação informou por meio de nota enviada reportagem do Jornal Na Net,...

17/04/2017

Alunas do Lado a Lado aprendem sobre história da moda

As alunas dos cursos de Corte e Costura, Malharia e Moletom e Lingerie da Escola de Moda, Beleza...

17/04/2017

Muro da E.E. Ruy Cardoso, em Taboão, está caído há quase um ano

Há quase um ano a chuva derrubou parte do muro da escola estadual Antônio Ruy Cardoso,...

13/04/2017

Embu inicia entrega de kits escolares para alunos da rede municipal dia 18

A partir do dia 18 de abril, a Prefeitura de Embu das Artes, por meio da Secretaria de Educação,...

09/04/2017

Uniformes escolares começam a ser entregues em Taboão

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra, iniciou na quinta-feira, 30...

05/04/2017

ETEC de Embu faz concurso para contratar professores; remuneração será R$ 17,15

A Escola Técnica Estadual de Embu das Artes (ETEC) abriu Concurso Público no último dia 3 de...

29/03/2017

Merendeiros de Taboão participam de palestra motivacional

A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Taboão da Serra promoveu neste mês de março um...

29/03/2017

Secretaria de Educação promove ação dedicada ao consumo de peixe na alimentação

O Departamento de Merenda Escolar realizou, na Escola Municipal Orquídea, nos dias 22, 23 e 24,...

26/03/2017

Deputada Analice Fernandes visita o Lado a Lado Saporito

A deputada estadual Analice Fernandes participou de uma entrega de secadores profissionais da...

26/04/2017

Vereadora Priscila Sampaio fará pedágio contra o jogo Baleia Azul em Taboão

Preocupada com a disseminação do trágico jogo virtual baleia azul, que já levou vários...

26/04/2017

Vereadores de Taboão aprovam regulamentação do uso da sede da Câmara Municipal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por unanimidade na sessão desta terça-feira, 25,...

26/04/2017

Homens são presos em flagrante por furto em estabelecimento comercial em Taboão

Policiais da RP conseguiram prender em flagrante dois homens que estavam furtando objetos de um...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.