Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

4 mil novas moradias serão entregues pela Prefeitura de Embu até 2016

Por Ane Greice Passos | 2/06/2014

mcmvdentro

DivulgaçãoPrefeitura de Embu das Artes contemplará diversos bairros com o projeto Minha Cas Minha Vida

O sonho da casa própria já se realizou para 750 famílias de Embu das Artes e até 2016, o Governo da Cidade tem como meta entregar mais de 4 mil moradias populares de qualidade à população. Esse é o maior investimento em habitações, já realizado em Embu das Artes e contemplará mais de 20 mil pessoas. Vale ressaltar que o Plano Diretor de 2012 demarcou mais 10 glebas, como Zona de Interesse Social (ZEIS 2), totalizando 25 áreas para empreendimentos habitacionais de interesse social no município.

Todas as moradias entregues até agora têm o tamanho mínimo de 40m², quarto, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, espaços comunitários e medição individualizada de água, gás e energia elétrica. Além, de cômodos com espaço para giro da cadeira de rodas, garantindo acessibilidade a pessoas com deficiências.

Até 2016, os investimentos em habitação popular podem chegar a quase R$ 700 milhões se considerarmos a viabilização de todo os empreendimentos hoje em execução e em estudo pelo Governo Municipal. Hoje, o valor unitário de investimento em moradia popular é de R$ 76.000 pelo governo federal mais R$ 20.000, adicionados pela Agência Casa Paulista, do governo estadual, podendo chegar então a R$ 96.000,00.

O que já foi entregue

Desde 2009, já foram entregues 750 moradias que retiraram famílias inteiras de áreas de risco, beiras de córrego ou que se inscreveram na Pró-Habitação perseguindo o sonho da casa própria. Hoje, a Pró-Habitação, responsável pela política de habitação do município, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, tem 15.800 famílias cadastradas, sendo 90% destas com faixa de renda entre zero e 3 salários mínimos. Também serão favorecidas com novas moradias, pessoas provenientes de áreas de remoção e famílias indicadas pelos movimentos por moradia.

Casa Branca – 140 sobrados
Baviera - 224 apartamentos
Servidão – Vista Alegre – 24 apartamentos
Estão em construção

Entre os projetos em andamento estão a construção de 336 unidades habitacionais no Parque das Chácaras, 90 no Jardim Novo Campo Limpo, 80 no Jardim Júlia e 58 no Jardim Castilho. Além dos dois empreendimentos privados, em execução nos jardins São Marcos e Júlia, totalizando 198 apartamentos. A maioria dos projetos segue o padrão de construção vertical, devido à escassez de terrenos, mas haverá também alguns horizontais.

Parque das Chácaras – 336 moradias
Novo Campo Limpo/ São Vicente/ Vazame – 90 unidades 
Jardim Castilho – 58 unidades
Jardim Júlia – 80 apartamentos
Jardim São Marcos – 118 moradias
Projetos em estudo

A Prefeitura também está trabalhando para a viabilização de projetos como terreno da Fama, no Jardim São Luís, Roque Valente e eixo Pirajuçara, que juntos totalizarão cerca de 4 mil novas moradias populares.  Também estão previstas outras unidades no Jd. Isis Cristina, Vila Bonfim e Jd. Santo Antônio, que ainda dependem da captação de recursos.

Dois Palitos
Roque Valente
Fama
Córrego Pirajuçara
Projetos de urbanização

A Prefeitura também tem projetos de urbanização de assentamentos precários nos Jardins Santo Antônio, Vista Alegre, São Francisco, Colégio, Ísis Cristina, Embuarama e Chácara Maria Alice, todos em fase de aprovação pela Caixa Econômica Federal, que financiará as obras.

Minha Casa, Minha Vida

O programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, atende pessoas com diferentes faixas de renda e, para cada uma, há critérios e procedimentos específicos para inscrição. A Pró-habitação é responsável pelo cadastro dos interessados com renda até três salários mínimos. As pessoas que se enquadram nesse perfil devem se dirigir até a companhia portando RG, CPF e comprovante de residência e, aguardar a seleção.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.