Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeito diz que vereadores ajudaram a formular mudanças no Plano Diretor de Taboão

Por Sandra Pereira | 1/06/2014

prefeito

Sandra PereiraFernando Fernandes diz que mudanças sugeridas por vereadores foram amplamente discutidas e avaliadas

A grande maioria das 19 alterações propostas no Plano Diretor de Taboão da Serra é oriunda do Legislativo. A informação é do prefeito Fernando Fernandes. Ele disse à imprensa que desde o começo do seu governo os vereadores fazem indicações e solicitações que foram estudadas e acabaram resultando na proposta de mudança do Plano Diretor, que já foi aprovada no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CMDU), e, posteriormente precisa ser aprovada em duas votações na Câmara Municipal.  

“Essas mudanças no Plano Diretor não partiram unicamente do Executivo. A gente vem discutindo isso com os vereadores desde o começo do governo. A grande maioria das mudanças é oriunda do Legislativo, que a gente analisou com critério e absorveu. Não estamos colocando nada do dia pra noite. Tudo foi analisado e pensado. As áreas da Niasi e da antiga Lundiavile, por exemplo, perderam  a condição industrial. Dificilmente uma nova empresa vai comprar essas áreas e se instalar. O valor de mercado é muito alto então perdeu a potencialidade de área industrial por isso temos que adaptar o zoneamento”, relatou o prefeito. 

Ele disse que todas as áreas alvo de mudança foram discutidas. Quanto a área denominada de Paulo Colombo o prefeito relatou que “perdeu o time” já que a região recebeu vários empreendimentos imobiliários ficando amplamente adensada, o que segundo o prefeito inviabilizou a permanência de um projeto de habitação. Para Fernandes a transformação da área em Zona de Proteção Ambiental é a melhor opção para o local. 

“Essa área foi alvo de especulação imobiliária durante muitos anos. Houve desenvolvimento das áreas contiguas provocando grande adensamento. Mais 2 mil moradias ali iria parar a Estrada de São Francisco. Traria transtornos irreversíveis. As pessoas cobram toda hora na rua que a gente tenha um parque. Daí veio a ideia de implantar um parque nessa área. Do outro lado da cidade temos o terreno do japonês e no futuro podemos ter dois parques um nessa nova área de ZPA e outro naquela região”, citou o prefeito.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.