Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Em nota HGIS informa que seguiu o protocolo médico no caso do bebê que morreu

Por Ane Greice Passos | 31/05/2014

hgis

Jornal Na NetEm nota HGIS informou que “seguiu rigorosamente o protocolo médico, priorizando ao máximo o parto normal induzido como forma de proteger a saúde da própria gestante”.

O Hospital Geral de Itapecerica da Serra enviou uma nota para o Jornal Na Net sobre o caso da recém nascida Amanda Letícia de Mello, que morreu após o parto no dia 24. O HGIS informou que “seguiu rigorosamente o protocolo médico, priorizando ao máximo o parto normal induzido como forma de proteger a saúde da própria gestante”. 

Em matéria divulgada na última segunda-feira, dia 26, Danielle Leticia Antônio falou sobre os dois dias em que esteve internada no HGIS e o sofrimento de não poder ver a sua filha viva. De acordo com Danielle ela teria passado 27 horas em trabalho de parto e havia pedido que fosse realizada uma cesárea, devido a fortes dores. Veja matéria aqui.
bebedentro
O HGIS informou em nota que Danielle não passou 27 horas em trabalho de parto e que seguiu o protocolo médico.

“A paciente foi atendida na unidade no dia 21 de maio, sem sinais de trabalho de parto e foi orientada a retornar no dia seguinte para reavaliação. No dia 22 a paciente foi internada na unidade, ainda sem sinais de trabalho de parto. Durante todo o período de internação a paciente foi avaliada por médicos e enfermeiras, com acompanhamento dos batimentos cardíacos do feto e as contrações”.

Os pais acusam o hospital de negligencia médica e afirmam que sua filha nasceu morta, porque forçaram o parto normal ao invés de realizaram uma cesárea. Eliseu disse que irá pedir uma sindicância no HGIS e pretende processar o hospital. “Se ela sabia desde o começo que não tinha dilatação, porque não fez a cesárea desde o começo? ”.

Após a matéria o HGIS mandou uma nota informando que foi aberta uma investigação interna sobre o caso, que lamenta o ocorrido e se coloca à disposição da família para prestar maiores esclarecimentos.


Veja nota do HGIS para o Jornal na Net

O HGIS Em relação à matéria “Bebê morre após mãe passar mais de 27 horas em trabalho de parto no HGIS”, publicada no dia 26 de maio pelo Jornal na Net, o Hospital Geral de Itapecerica da Serra esclarece que não procede a informação de que Danielle Letícia Antônio passou 27 horas em trabalho de parto na unidade. A paciente foi atendida na unidade no dia 21 de maio, sem sinais de trabalho de parto e foi orientada a retornar no dia seguinte para reavaliação. No dia 22 a paciente foi internada na unidade, ainda sem sinais de trabalho de parto. Durante todo o período de internação a paciente foi avaliada por médicos e enfermeiras, com acompanhamento dos batimentos cardíacos do feto e as contrações. Apenas às 19h do dia 23 a paciente foi induzida ao trabalho de parto. O Hospital informa que seguiu rigorosamente o protocolo médico, priorizando ao máximo o parto normal induzido como forma de proteger a saúde da própria gestante. Assim que foi constatada situação anormal, a paciente foi imediatamente transferida para o centro cirúrgico e foi indicada a necessidade de cesárea. A Gerência de Risco do hospital já abriu uma investigação interna sobre o caso.

O Hospital Geral de Itapecerica da Serra lamenta o ocorrido e se coloca à disposição da família para prestar maiores esclarecimentos.


18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

15/10/2017

Mulher atacada por ex com facão era separada há 6 anos e sofria ameaças

Durante seis anos Edeni Aparecida Rocha da Silva, 37 anos, viveu no inferno, mas somente ela e...

15/10/2017

Exame para certificar mais 1,5 milhão de jovens adultos tem nova data

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos será aplicado no dia 19...

15/10/2017

Rodoanel tem audiência para instalação de postos de combustíveis

No próximo dia 24 de outubro, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo – Artesp...

14/10/2017

Horário de Verão começa neste domingo, adiante seu relógio em uma hora

Horário de Verão começa à 0h deste domingo (15), e os relógios deverão ser adiantados em uma...

11/10/2017

Unicef: a cada 10 minutos morre uma menina vítima de violência

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) lembrou, nesta quarta-feira (11), por ocasião...

11/10/2017

Prefeito Fernando Fernandes forma mais 24 Guardas Municipais

O prefeito Fernando Fernandes formou na noite de sexta-feira, 06 de outubro, mais uma turma da...

11/10/2017

1º Fórum do Idoso da Sociedade Civil acontece em Itapecerica da Serra

O Auditório da Prefeitura de Itapecerica da Serra foi o local escolhido para a realização, no...

18/10/2017

Taboão teve sessão histórica para as mulheres e com aprovação de leis

O grito silencioso das mulheres vítimas de violência ecoou com força e fez da sessão desta...

18/10/2017

Aneel autoriza reajuste nas contas de luz de consumidores do DF, GO e SP

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajustes nas contas de luz...

18/10/2017

MPF e MPT recomendam revogação de portaria que muda regras do trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público Federal (MPF) recomendaram ao...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.