Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Donos de bares reclamam de rigor da fiscalização em Taboão

Por Redação | 28/05/2014

baresdentro

Eduardo Toledo - Assessoria de Imprensa da Câmara de TAboãoDonos de estabelecimentos pediram apoio da Câmara Municipal contra rigor da fiscalização

O som alto em bares, casas noturnas, lanchonetes e outros estabelecimentos se tornou um problema crônico em Taboão da Serra nos últimos anos. Recentemente, com o endurecimento da legislação e as operações constantes que resultaram no fechamento de dezenas desses locais as queixas da população diminuíram e as dos proprietários dos estabelecimentos nasceram. Nesta terça-feira, 27, um grupo deles procurou os vereadores para tratar do tema. Eles reclamam do rigor da legislação e afirmam estar impedidos de trabalhar. Uns querem aumentar o horário de tolerância ao som alto. A maioria se queixa da dificuldade de obter Habite-se e alvará da Vigilância Sanitária. Eles vão discutir o assunto na quinta-feira, 29, com o prefeito Fernando Fernandes.  

É fato que a população aprova o rigor na fiscalização desses estabelecimentos. Também é fato que os donos desses locais sempre acabavam contando com a “conivência” ou “benevolência” do poder público e acabavam reabrindo suas portas mesmo após as sucessivas ações e operações de fechamento. O problema foi denunciado em 2012 pelo Jornal na Net relembre aqui.

Já faz duas semanas que os donos de bares está buscando ajuda dos vereadores para flexibilizar o controle de suas atividades pela prefeitura. Eles criticam o rigor da GCM e das equipes da Fiscalização da prefeitura. Afirmam haver abusos e deixam os edis numa situação delicada, já que vão ter que optar entre buscar a flexibilização de uma das leis mais populares da cidade: a Lei do Silêncio, ou reafirmar o rigor dela como pedem constantemente os moradores. 

Na tentativa de sair do impasse os vereadores marcaram a reunião da comissão com o prefeito e se espera que de lá possa sair um acordo capaz de agradar a categoria sem desagradar os moradores.  Agora caberá ao prefeito a solução do impasse. 

“O prefeito vai receber e vamos ver o que poderá ser feito em relação ao alvará, ao habite-se, licença de funcionamento e outras questões. Pessoalmente só não posso ir contra a lei do Silêncio”, afirmou o presidente da Câmara, Eduardo Nóbrega. 

Entre os donos de bares não há consenso em relação a todas as propostas. Alguns querem aumentar o horário de  tolerância ao som nos finais de semana.  Outros querem exigir a escritura dos imóveis para poder obter habite-se e licença de funcionamento e todos querem trabalhar sem o rigor da fiscalização, nem os excessos dos quais acusam alguns funcionários da prefeitura. 

“Toda essa situação é uma humilhação pra nós”, disse Bruno Santos, dono de um bar no Salete. “Não tem como conseguir a documentação para trabalhar”, reclama Fábio  dono de um bar no São Judas.

Priscila Souza

Pois é! Pior é quando a GCM é chamada e ao chegar no local da ocorrência (Av. José André de Moraes, mais especificamente no Supermercado Taboão - que apesar de supermercado ter virado bar de música ao vivo até altas horas da madrugada) fica trocando papo com o dono irresponsável do estabelecimento e mais que isso, comendo coxinha e espetinho de carne de gato...essa é a GCM que honra os moradores do Jd Monte Alegre em Taboão, que não aguentam mais tamanho desrespeito das autoridades e de falsos comerciantes que burlam as leis querendo somente ganhar dinheiro....às custas do sono dos outros.

José

Os coitadinhos querem ter o direito de incomodar à vontade os vizinhos, se não tem condição de legalizar o próprio negócio tem mais é que fechar, alem disso em Taboão da Serra todos sabem o que rola até altas horas neste locais, só frequenta gente de altíssimo nível.

leonardo

Melhorou sim posso dormir sossegado sem barulhos até altas horas e drogas comendo solto em nossos portão.

gilson

A Lei Do Silencio diminuiu a criminalidade em Taboão Da Serra .Pence nisto Prefeito !

Beto

Só que falta agora é posto urinar no cachoro. Estudar e promover cultura ninguem quer

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

26/04/2017

Bom Prato de Taboão abre as portas superando expectativas e com elogios

O restaurante popular Bom Prato Taboão da Serra abriu suas portas ao público nesta quarta-feira,...

25/04/2017

Conseg Monte Alegre fará reunião no Intercap para debater segurança na região

Instrumento importante de participação popular em favor da Segurança Pública a reunião mensal da...

22/04/2017

Engenheiro  desaparecido em Itapecerica da Serra é localizado em Curitiba

O engenheiro Cláudio Silvestre Rodrigues, morador de Itapecerica da Serra, que estava...

21/04/2017

Família de engenheiro de Itapecerica cria força tarefa para localizá-lo, ajude!

Uma verdadeira força tarefa formada por familiares, integrantes da Polícia Militar e da Guarda...

16/04/2017

Taboão da Serra realizou 61ª encenação da Paixão de Cristo com inovações

O público emocionado e atento assistiu a 61ª encenação da Paixão de Cristo de Taboão da Serra,...

13/04/2017

Joice Silva e Johnatan Noventa visitam Casa dos Velhinhos Santa Terezinha

“Aqui é um cantinho de céu. E aquelas duas moças são dois anjos”. Foi com essa frase, dita com...

13/04/2017

Nova balada sertaneja em Taboão estreia com show de Helena

Um dos bares mais agitados de Taboão da Serra, localizado Rua José Maria, 123, no Parque...

10/04/2017

3º Encontro de Autismo em Taboão teve público recorde e palestras de alto nível

Com participação de público recorde, palestras de nível elevado e a presença maciça de...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.