Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Audiência Pública do Plano Diretor acaba em confusão em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 25/05/2014

paulo

DivulgaçãoPaulo Félix afirma ter desmaiado integrantes do governo dizem que ele simulou desmaio para provocar confusão

Acabou em confusão generalizada a audiência pública realizada neste sábado, 24, na Escola Municipal Oscar Ramos Arantes, na Vila Iase, para apresentação das 19 mudanças previstas no Plano Diretor de Taboão da Serra – leia mais aqui. O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), ex-vereador Paulo Félix, acusou um funcionário público de espancamento. Afirmou ter sofrido ameaças e ferimentos no joelho depois de apanhar quando caiu desmaiado. O ex-vereador prestou queixa na polícia e logo depois foi atendido no pronto socorro. Já os integrantes da GCM, vereadores presentes e apoiadores da administração disseram que Paulo Félix se jogou no chão para simular um desmaio e provocar confusão. A GCM usou spray para dispensar a multidão durante a confusão. Houve correria e tumulto.  

“O que aconteceu hoje aqui foi um atentado a democracia. Me bateram enquanto estava caído no chão. Mais isso não vai enfraquecer a nossa luta e nem o movimento”, avisou Paulo Félix. 

Em resposta às acusações de agressão de Paulo Félix o secretário de Segurança Gerson Brito afirmou que ele simulou sofrer um desmaio e se negou a receber socorro da GCM e do SAMU. “Ele se jogou para simular um desmaio. Ninguém tocou nele. Depois outros membros do movimento o levaram para fora e uns cinco minutos depois quando voltou falou normalmente. Ele se negou a receber socorro e começou a dizer que tinha sido agredido”, disse Gerson Brito. 

As lideranças do MST questionam as mudanças de zoneamento propostas no Plano Diretor alegando que as mesmas favorecem os grandes empreendimentos imobiliários. Mas o que realmente provocou a confusão foi a mudança de zoneamento da área denominada de Paulo Colombo, localizada em frente ao INSS. O terreno já foi ocupado sucessivas vezes pelos integrantes do MST e agora deixará de ser Zeis para se tornar Zona de Proteção Ambiental (ZPA).

Apesar de toda a confusão a audiência pública foi realizada e considerada legal. O responsável pela apresentação das mudanças no Plano Diretor, Adriano, disse que o evento atingiu sua meta de tornar pública as propostas de alterações de zoneamento. Ele contou que os fatos ocorridos vão constar em ata e salientou que agora será feita a elaboração da lei que vai ser enviada à câmara municipal. Caberá aos vereadores “segurar” os protestos que o MST vai realizar para barrar a votação e aprovação das mudanças. 

“O Plano Diretor hoje coloca as áreas de Zeis de forma fragmentada, o que inviabiliza um grande empreendimento. Essas propostas já foram aprovadas pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano e Habitação. A mudança apresentada agora permite um adensamento das áreas de Zeis no Marabá, perto da empresa New Corp”, afirmou. 

“Aquilo que poderia ser pacífico e democrático teve uma marca ruim para a imagem de Taboão da Serra. Tem muitos ai que estão vindo fazer confusão por questão política. O prefeito aumentou a área para o movimento no Salete. Essa questão da moradia também passa pela discussão sobre saneamento, mobilidade e outros temas”, afirmou o vereador Cido da Yafarma. 

Para o vereador Carlinhos do Leme a audiência foi positiva e as mudanças foram apresentadas de forma clara e transparente. “O tumulto nos deixa tristes. Alguém pode se machucar de verdade. Tem senhoras de idade, grávidas, mulheres com bebês”, disse, acrescentando que considera as mudanças positivas. Sobre a ZPA do Paulo Colombo o vereador explicou que aquela região carece de áreas de lazer e já está altamente adensada.

21/04/2018

Governo diz que terá de adiar reajuste de servidor para fechar contas em 2019

Para tentar impedir a paralisação da máquina administrativa e dos investimentos públicos no ano...

21/04/2018

Vereador Marcos Paulo elogia atuação da GCM em Taboão da Serra

O vereador Marcos Paulo vem usando a tribuna da Câmara Municipal para elogiar o trabalho...

21/04/2018

Câmara Municipal aprova título de Cidadão Taboanense para o padre Weliton Angeli

Na sessão da última terça-feira, dia 17, os vereadores de Taboão da Serra aprovaram por...

21/04/2018

Presidente Joice Silva e as vereadoras Priscila e Rita receberam prêmio

A presidente da Câmara de Taboão da Serra, Joice Silva e as vereadoras Priscila Sampaio e Rita...

20/04/2018

Prefeito Fernando firma parceria com MP para implantação da Patrulha Guardiã

O prefeito Fernando Fernandes assinou na quinta-feira (3), o Termo de Cooperação com o...

20/04/2018

Anderson Nóbrega é nomeado novo secretário de esportes em Embu das Artes

Na tarde da última quinta-feira (19), em Embu das Artes, o prefeito Ney Santos nomeou Anderson...

18/04/2018

Senado aprova projeto que obriga escolas a combaterem bullying

O Senado aprovou, nesta terça-feira (17), o projeto que obriga as escolas a desestimularem seus...

17/04/2018

Após revisão, governo anuncia cancelamento de 422 mil benefícios sociais

Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão...

14/04/2018

Câmara Municipal entrega título de Cidadão Taboanense ao padre Kirano

No último domingo, dia 8, a Câmara Municipal de Taboão da Serra entregou o título de Cidadão...

12/04/2018

4º Encontro de Autismo reuniu quase mil pessoas no Cemur, em Taboão

Quase mil pessoas participaram do 4º Encontro de Autismo de Taboão de Serra, realizado no...

22/04/2018

Quatro suspeitos são presos durante assalto a farmácia em Itapecerica

Um homem e três menores foram presos na noite do último sábado (21), após tentativa de assalto a...

21/04/2018

Febre amarela continua se expandindo pelo país

Embora os casos confirmados de febre amarela tenham diminuído no Brasil nas últimas três...

21/04/2018

Candidatos desempregados aceitariam ganhar menos que no emprego anterior

Pesquisa divulgada pela Robert Half, empresa de recrutamento e seleção, mostra que 70% dos...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.