Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Audiência Pública do Plano Diretor acaba em confusão em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 25/05/2014

paulo

DivulgaçãoPaulo Félix afirma ter desmaiado integrantes do governo dizem que ele simulou desmaio para provocar confusão

Acabou em confusão generalizada a audiência pública realizada neste sábado, 24, na Escola Municipal Oscar Ramos Arantes, na Vila Iase, para apresentação das 19 mudanças previstas no Plano Diretor de Taboão da Serra – leia mais aqui. O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), ex-vereador Paulo Félix, acusou um funcionário público de espancamento. Afirmou ter sofrido ameaças e ferimentos no joelho depois de apanhar quando caiu desmaiado. O ex-vereador prestou queixa na polícia e logo depois foi atendido no pronto socorro. Já os integrantes da GCM, vereadores presentes e apoiadores da administração disseram que Paulo Félix se jogou no chão para simular um desmaio e provocar confusão. A GCM usou spray para dispensar a multidão durante a confusão. Houve correria e tumulto.  

“O que aconteceu hoje aqui foi um atentado a democracia. Me bateram enquanto estava caído no chão. Mais isso não vai enfraquecer a nossa luta e nem o movimento”, avisou Paulo Félix. 

Em resposta às acusações de agressão de Paulo Félix o secretário de Segurança Gerson Brito afirmou que ele simulou sofrer um desmaio e se negou a receber socorro da GCM e do SAMU. “Ele se jogou para simular um desmaio. Ninguém tocou nele. Depois outros membros do movimento o levaram para fora e uns cinco minutos depois quando voltou falou normalmente. Ele se negou a receber socorro e começou a dizer que tinha sido agredido”, disse Gerson Brito. 

As lideranças do MST questionam as mudanças de zoneamento propostas no Plano Diretor alegando que as mesmas favorecem os grandes empreendimentos imobiliários. Mas o que realmente provocou a confusão foi a mudança de zoneamento da área denominada de Paulo Colombo, localizada em frente ao INSS. O terreno já foi ocupado sucessivas vezes pelos integrantes do MST e agora deixará de ser Zeis para se tornar Zona de Proteção Ambiental (ZPA).

Apesar de toda a confusão a audiência pública foi realizada e considerada legal. O responsável pela apresentação das mudanças no Plano Diretor, Adriano, disse que o evento atingiu sua meta de tornar pública as propostas de alterações de zoneamento. Ele contou que os fatos ocorridos vão constar em ata e salientou que agora será feita a elaboração da lei que vai ser enviada à câmara municipal. Caberá aos vereadores “segurar” os protestos que o MST vai realizar para barrar a votação e aprovação das mudanças. 

“O Plano Diretor hoje coloca as áreas de Zeis de forma fragmentada, o que inviabiliza um grande empreendimento. Essas propostas já foram aprovadas pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano e Habitação. A mudança apresentada agora permite um adensamento das áreas de Zeis no Marabá, perto da empresa New Corp”, afirmou. 

“Aquilo que poderia ser pacífico e democrático teve uma marca ruim para a imagem de Taboão da Serra. Tem muitos ai que estão vindo fazer confusão por questão política. O prefeito aumentou a área para o movimento no Salete. Essa questão da moradia também passa pela discussão sobre saneamento, mobilidade e outros temas”, afirmou o vereador Cido da Yafarma. 

Para o vereador Carlinhos do Leme a audiência foi positiva e as mudanças foram apresentadas de forma clara e transparente. “O tumulto nos deixa tristes. Alguém pode se machucar de verdade. Tem senhoras de idade, grávidas, mulheres com bebês”, disse, acrescentando que considera as mudanças positivas. Sobre a ZPA do Paulo Colombo o vereador explicou que aquela região carece de áreas de lazer e já está altamente adensada.

12/12/2017

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles

A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda...

12/12/2017

Vereadores de Taboão aprovam Orçamento de R$ 767 milhões para 2018

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram em segunda votação, nesta terça-feira, 12, o...

11/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

11/12/2017

Embu veta a divulgação do Disque Denúncia contra violência ás mulheres

Maior e mais fragilizada parcela da população de Embu das Artes, as mulheres, ficaram no centro...

10/12/2017

Fernando Fernandes renova convênio com o Programa Cidade Legal

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, esteve no gabinete da Secretaria de Habitação...

07/12/2017

Câmara aumenta para oito anos prisão para bêbado que dirige e mata

Após cinco anos de espera, enfim o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A...

06/12/2017

Deputada Analice recebe Sociedades Amigos de Bairro de Taboão da Serra

A presidente do CONSABs de Taboão da Serra, Márcia Pereira, reuniu os presidentes das Sociedades...

04/12/2017

Noventa visita Câmara de Taboão e elogia caminhada pela Paz e contra Violência

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo, e ex-vereador de Taboão da...

01/12/2017

Câmara Municipal de Taboão entrega Medalha Zumbi dos Palmares

Aconteceu no último sábado, 25, a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares. A honraria é uma...

01/12/2017

PSB realiza encontro Regional do partido neste sábado, 2 em Embu

Presidentes das Comissões Executivas Municipais do PSB, realizarão neste sábado, 2, o encontro...

12/12/2017

Enem para presos e segunda aplicação começam hoje

Cerca de 32 mil pessoas privadas de liberdade farão hoje (12) e amanhã (13) as provas do Exame...

12/12/2017

Prefeitura de Itapecerica da Serra abre vagas para frente de trabalho

A Prefeitura de Itapecerica da Serra abriu inscrições para a equipe da Frente de Trabalho 2018....

12/12/2017

Parentes de mortos em acidente da TAM fecham acordo de R$ 30 milhões com Airbus

Dez anos após o acidente que matou 199 pessoas, na queda do avião da TAM em São Paulo, parte dos...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.