Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Eletropaulo realiza audiência pública em Embu das Artes

Por Ane Greice Passos | 24/04/2014

eletropaulodentro

Genildo RochaEletropaulo faz audiência pública na Câmara Municipal, após sessão ordinária


A AES Eletropaulo veio até a Câmara Municipal de Embu das Artes para esclarecer dúvidas de moradores e vereadores referentes aos serviços prestados na cidade. A audiência pública ocorreu após a sessão ordinária desta quarta-feira, 23. O representante da Eletropaulo Artur Tavares, mostrou slides e explicou o motivo que a rede de energia da cidade passa por oscilações.

A audiência começou com perguntas e questionamentos dos vereadores presentes na Casa. Jabá pediu que fossem analisados postes que estão nas garagens de moradores do Embu e acrescentou. “Nós temos que dar um respaldo para a população, porque nem todo mundo tem condições de pagar o absurdo para a retirada do poste. Outra coisa é a burocracia para atender a comunidade”, relatou.

A vereadora Rosana do Arthur também questionou a Eletropaulo. “Quero dizer que a audiência pública foi prejudicada, porque foi informada em última hora e não pudemos chamar toda a população. Eu acho que a Eletropaulo tem que prezar seu nome, porque sempre acaba a luz, principalmente no centro de Embu é uma vergonha. O pior é que a gente que leva bordoada na rua, porque os moradores pensam que é nossa obrigação e do prefeito”, desabafou.

Rosana concluiu sua fala afirmado: “se atrasamos uma prestação da Eletropaulo eles desligam a energia, mas eles não prestam o serviço direito. A empresa tem que começar a ser multada pelo serviço não prestado”.

Um morador de Embu das Artes também falou sobre a prestação de serviços. “Sou morador do Jardim Vitória e lá nós temos problemas de sobrecarga de energia. Outro problema é a falta de energia na cidade, principalmente no centro. Em relação a prestação de serviços, nós pagamos taxas por iluminação pública, mas não temos prestação de serviços”, disse.

Após os comentários dos vereadores e de moradores, o responsável pela AES Eletropaulo, Artur Tavares, falou sobre os problemas na cidade, principalmente, com a espera da concessionária na resolução de pendências jurídicas com SP Mar.

“Eu não gosto de vir aqui com palavras bonitas, gosto de chegar com soluções e para que entendam o que está prejudicando que resolvemos os problemas a curto prazo. Embu quando foi planejada era fornecida por diferentes sub estações e tudo vem de muito longe. Itapecerica é a principal fonte de energia para Embu, aqui é o circuito final de fornecimento de energia” falou o representante da Eletropaulo.
Artur Tavares destacou que nenhum outro município tem o grau de investimento de Embu e que a sub estação, que melhorara o fornecimento de luz elétrica na cidade, já foi construída, só falta ligar. “Nós não conseguimos ligar, porque estamos com uma briga com uma empresa. Só falta 2km para terminar, eu convido a todos para visitar os lugares que estão prontos”.

De acordo com Tavares o problema com a energia de Embu das Artes é devido a empresa e a SP Mar estarem em fase de processo judicial. 

“Nós falamos com o juiz sobre o processo com a SP Mar, isso não é só problema com poda. Tem circuito com 100 quilômetros feitos, mas eu preciso ligar. Se ligar vai trazer comércio e emprego para região. O nosso compromisso é que ao liberarmos no tribunal em 4 meses tudo está ligado. Agora o que a população pode fazer é pressão com a SP Mar”, explicou.

Tavares explicou que um dos maiores problemas da falta de energia são às árvores, mas quando mudar o cabeamento, mesmo que caiam árvores nos fios eles estarão mais fortes. Além do assunto da falta de energia o representante da Eletropaulo falou sobre a situação de postes em lugares irregulares. 

“Os postes fora da calçada, nós temos que ver cada uma das situações e visitar os locais. Se nós colocamos um poste na calçada, estamos cometendo um crime, mas existe coisas que acontecem sem o nosso conhecimento, mudam a via e por isso o poste fica na rua”, relatou.

Morador do Embu e jornalista do Um Novo Jornal, Manoel Rocha falou sobre o caso dos postes nas ruas. “O Senhor falou que quando a gente tem um poste no meio da rua é porque foi feito uma mudança no local, mas acho que tem que haver um consenso que esse poste tem que ser retirado e depois mandar a conta para a Eletropaulo”, disse.

O responsável da Eletropaulo entendeu a colocação e afirmou que tentam resolver a situação dos moradores da melhor forma possível. “Nós somos prestadores públicos. Quando você fala de bom senso, o poste não pode ficar fora. Porque se eu mudo alguma coisa no seu quintal tem que avisar você antes”.

Responsável pela Eletropaulo em vários países, Tavares elogiou Embu e o governo Chico Brito e afirmou que estará à disposição da cidade. “Na questão de regularização, nós amamos regularização e fizemos muitas na Venezuela”. 

O presidente da Câmara Doda Pinheiro, concluiu a sessão agradecendo os presentes e se disponibilizando para ajudar. “Para nós, Câmara Municipal, é extremamente importante esse tipo de audiência e o que pudermos ajudar para a SP Mar liberar o trabalho, conte conosco. Nós vamos fazer um relatório sobre o que aconteceu nessa noite”, finalizou.

18/11/2017

Taboão Plaza Outlet recebe Papai Noel e lança promoção de Natal

No domingo, 26/11, a partir das 14h, o Taboão Plaza Outlet celebrará a chegada do Papai Noel em...

17/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

17/11/2017

Evento beneficente promete agitar Taboão da Serra no domingo, 26

Gente bonita, modelos, artistas, personalidades, palco repleto de atrações, além de muitos...

17/11/2017

Corpo de Thabata será sepultado no Cemitério da Saudade

Mulher que foi assassinada e teve o corpo descartado numa área do Jardim Santo Antônio, em meio...

16/11/2017

Família da mulher morta e jogada no lixão apareceu após apelo no Jornal na Net

A mulher que passou três dias sem identificação no IML de Taboão da Serra, depois de ser...

15/11/2017

Moradores de Taboão elaboram Projeto de Segurança Pública

Cansados da falta de segurança e de serem vítimas frequentes da criminalidade que assola o...

15/11/2017

Mulher jogada em lixão no Embu pode ser enterrada como indigente

A mulher morta encontrada seminua em meio a blocos, entulho e todo tipo de lixo no jardim Santo...

14/11/2017

Poupatempo Móvel estará no Parque Rizzo entre os dias 21/11 e 02/12

A Secretaria do Trabalho e Emprego, por meio do Secretário Paulo Vicente firmou uma parceria com...

10/11/2017

Prefeitura e PC lançam dois projetos de combate à violência contra a mulher

A Prefeitura de Taboão da Serra, através da Coordenadoria dos Direitos da Mulher em parceria com...

08/11/2017

Advogacia de Taboão da Serra ganha nova Casa do Advogado

A Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Taboão da Serra, inaugurou nesta terça-feira (7) a...

18/11/2017

Taboão Plaza Outlet recebe Papai Noel e lança promoção de Natal

No domingo, 26/11, a partir das 14h, o Taboão Plaza Outlet celebrará a chegada do Papai Noel em...

17/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

17/11/2017

Representado pelo paulista André Akkari, Poker segue crescendo no Brasil

Um dos esportes mentais mais populares do planeta, o poker cresceu muito de popularidade nas...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.