Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

58ª Paixão de Cristo de Taboão da Serra encanta público de mais de 20 mil pessoas

Por Sandra Pereira | 19/04/2014

paixao2014

Sandra PereiraAtor Clayton Novais se despediu do papel de Jesus Cristo esse ano

Foi marcada pela fé, esperança e o desejo de superação a 58ª  encenação da Paixão de Cristo de Taboão da Serra. Os artistas que levaram para mais de 20 mil pessoas a maior e mais marcante história da humanidade esse ano tiveram que enfrentar a perda do ator e diretor Mário Pazzini, que durante anos encenou o papel de Jesus Cristo. Logo em seguida o acidente com a jovem e talentosa atriz Natarsha Marques também abalou todo o elenco. A atriz permanece internada e os colegas de palco dedicaram a ela a encenação deste ano. Nesse ambiente de perda e esperança de recuperação os artistas de Taboão não mediram esforços e emocionaram que esteve no Parque das Hortênsias e no Morro do Cristo para acompanhar o espetáculo. O ator Clayton Novais emocionou todos no papel de Jesus Cristo do qual ele anunciou se despedir esse ano.  

Organizada em parceria pelo santuário de Santa Terezinha, a prefeitura de Taboão da Serra e vários artistas do município a Paixão de Cristo da cidade é uma das maiores e mais tradicionais do estado. Ela acontece desde antes da fundação de Taboão. Esse ano a 58ª edição do evento reuniu mais 20 mil pessoas no morro do.  Cristo. Quem esteve lá se emocionou revivendo momentos decisivos na vida de Jesus, especialmente a sua morte e ressurreição. No final do espetáculo os artistas comemoram eufóricos o resultado do trabalho bastante elogiado pelos presentes. Veja imagens aqui.

“A emoção é grande demais. Estar com todo esse público é sensacional. Esse ano sofremos a perda irreparável do Marinho. A emoção não pode ser completa a nossa querida amiga Natarsha Marques está internada se recuperando, mas eu quero dedicar esse espetáculo a ela. Para que o Senhor possa curá-la e trazê-la o mais brevemente pra gente”, afirmou o consagrado ator Clayton Novais.

O espetáculo trouxe várias novidades esse ano como a participação de novos artistas em papéis de maior expressão como os de Maria, Hérodes, Salomé, e Cláudia, a esposa e Pôncio Pilatos. Também houve mudanças no figurino, iluminação e sonoplastia que deixaram a encenação ainda mais profissional. O valor do investimento no evento não foi informado.Diógenes Martins da Silva interpretou o papel de Pilatos pela segunda vez. Para ele é emocionante representar Pilatos, figura que representa até hoje a capacidade humana de julgar. “É muito emocionante representar um papel desses com um público tão grande e que participa tanto da encenação”, disse. 

Para a atriz Natália Romeiro a 58ª Paixão de Cristo foi marcada pela garra e fé do elenco. Ela relatou que a perda do artista e diretor Mário Pazinni e o acidente sofrido pela atriz Natarsha Marques abalou todo o elenco, mas também uniu a todos no ideal de fazer dessa uma paixão marcante. Natália interpretou Cláudia a esposa de Pilatos. 

“A Natarsha tem uma importância muito grande para nós como atriz e como pessoa. Encenar o papel dela não foi fácil. Havia muita expectativa e pressão. Não digo substituir porque a Natarsha é insubstituível. Mas tudo isso uniu a gente no desejo de fazer a paixão dar certo”, observou.

O morro do Cristo recebeu iluminação especial e vários telões para garantir que todo o público presente pudesse assistir as cenas interpretadas no alto pelos artistas.  O  prefeito Fernando Fernandes a deputada estadual Analice Fernandes, prestigiaram a apresentação junto com os secretários Laércio Lopes, de Cultura, Fábio Fernandes, Esportes, Daniel Chaves, Comunicação e vários vereadores. 

Antes da abertura do espetáculo o monsenhor Agnaldo de Carvalho, reitor do santuário, deu boas vindas a todos os participantes e saudou o prefeito pela ajuda na realização do evento. Já o prefeito disse que a festa de Páscoa é a celebração da vida. Ele afirmou ser uma  honra ter em Taboão da Serra a mais tradicional encenação da  Paixão de Cristo do estado e disse que o evento já faz parte do calendário da cidade.  

 A encenação começou no palco montado do Parque das Hortênsias onde os artistas representaram momentos marcantes da  vida terrena de Jesus. Uma das primeiras cenas foi quando ele foi tentado no deserto depois de jejuar por 40 dias. O jejum prolongado o fortaleceu para enfrentar as ofertas tentadoras de satanás. O espetáculo mostra como Jesus suportou todas as dores com a amor e fé. Ele foi traído, humilhado, entregou a própria vida e mostrou ao mundo a imensidão do seu amor por meio de milagres e pregações que atraiam multidões. Jesus foi morto, sepultado e ao terceiro e ressuscitou como havia dito aos seus discípulos. 

Nas cenas bem construídas e com diálogos fundamentados na bíblia o público viu passagens como a tentação de Jesus no deserto, a expulsão dos mercadores do tempo, o perdão a Maria Madalena, a cerimônia do lava pés, a última ceia, a traição de Judas, a prisão, o flagelo, a condenação de Jesus, a ida sofrida até o calvário, a zombaria dos soldados, a crucificação e a ressurreição do salvador.

Após Jesus ser flagelado pelos soldados romanos e tomar a cruz os artistas arrastaram a multidão de fiéis saindo do Parque das Hortênsias em direção ao Morro do Cristo. No trajeto que passou por várias ruas do centro de Taboão Jesus foi chicoteado pelos soldados, humilhado e por várias vezes encontrou com sua mãe Maria e a Maria Madalena, a pecadora que ele havia salvo das pedradas por ter sido acusada de adultério.  

No Morro do Cristo uma multidão esperava a chegada dos artistas. Carregando a pesada Cruz que simbolicamente representa o peso dos pecados da humanidade Jesus subiu ao monte onde viveu os últimos instantes de sua vida e partiu para o Pai após a crucificação. Os artistas conseguiram mostrar todas as humilhações que Jesus sofreu momentos antes de entregar sua alma ao Pai e dar o último suspiro de sua vida terrena. Ele foi crucificado com dois ladrões e prometeu a um deles que creu no Messias estar no mesmo dia ao seu lado no paraíso. 

Depois de ser morto Jesus foi limpo, envolvido em um pano branco e sepultado. Três dias depois ele ressuscitou triunfante depois de vencer a morte, seu último desafio como homem.

Antes da ressurreição de Jesus o público assistiu as cenas de arrependimento tardio de Judas Escariote depois entregar o salvador mundo para ser morto. Atormentado ele se enforcou. 

Uma grandiosa queima de fogos marcou o fim do comovente espetáculo. A palavra paz apareceu escrita em chamas numa espécie de painel. Entre lágrimas, gritos e alegria o elenco da Paixão comemorou o sucesso da encenação que foi encerrada às 23 horas.

13/12/2017

Taboão da Serra celebra Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

11/12/2017

Idosa de 76 anos desapareceu neste domingo em Taboão da Serra

Dona Ana Maria Barbosa, 76 anos,desapareceu quando estava indo para casa onde mora com a irmã e...

10/12/2017

Multidão lota Ginásio Ayrton Senna para acompanhar o Natal Nota 10

Mais uma vez uma multidão de pais e familiares de alunos compareceu ao Ginásio de Esportes...

08/12/2017

Jorge Costa inaugura Unidade de Saúde da Família no Jardim Montezano

O prefeito de Itapecerica da Serra, Jorge Costa, inaugurou na manhã dessa quinta-feira (30) a...

05/12/2017

Justiça autoriza prefeitura de Embu a voltar a cobrar taxa do lixo

Suspensa após liminar a taxa de lixo da cidade de Embu das Artes, volta a ser cobrada. A decisão...

04/12/2017

Aprovado Voto de Louvor à caminhada histórica pelo fim da violência à mulher

A Câmara Municipal de Itapecerica da Serra aprovou por unanimidade na sessão do dia 28,...

03/12/2017

Adolescente que pilotava moto e bateu em ônibus será sepultado na Saudade

O adolescente de 14 anos, conhecido como Tete, que morreu depois de bater na lateral esquerda de...

02/12/2017

Montagem da super estrutura do Embu Summer Fest começou

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa do evento

Nesta semana, a A Luz Eventos deu início a...

01/12/2017

Família pede liberdade do carteiro de Embu preso em audiência onde testemunhava

Funcionário dos Correios de Embu das Artes há mais de 20 anos o carteiro Denivaldo Jesus de...

13/12/2017

Ney Santos reajusta bolsa da Frente de Trabalho de R$ 350 para R$ 1.000,00

A partir de janeiro de 2018 os integrantes da Frente de Trabalho de Embu das Artes vão receber...

13/12/2017

Alckmin libera R$ 923 mil a Itapecerica para ações de segurança no trânsito

Em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, o governador Geraldo Alckmin autorizou 36 municípios a...

13/12/2017

Estatuto da GCM foi apresentado e discutido na Câmara e votação foi marcada

O Plano de Cargo e Carreira da Guarda Civil Municipal de Taboão da Serra foi apresentado e...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.