Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Governo rebate denúncias contra atuação da SPDM em Taboão da Serra

Por Sandra Pereira | 15/04/2014

reuniao

Sandra PereiraEquipe de governo rebateu informações e apresentou dados do contrato entre a prefeitura de Taboão e a SPDM

O prefeito Fernando Fernandes reuniu a secretária de Saúde, Raquel Zacainer, os vereadores de sua base e os médicos Nancime Salomão Mansur e Jorge Salomão, integrantes da Sociedade Paulista de Medicina (SPDM) para rebater as denúncias feitas contra a atuação da entidade que administra o HGP, a UPA, o pronto Socorro do Antena e o Pronto Socorro Infantil em Taboão da Serra. As denúncias foram tornadas públicas por meio do jornal Hoje que voltou a circular em Taboão depois de quatro meses. O grupo rechaçou as denúncias consideradas mentirosas. Afirmou que houve má fé do veículo e revelou que pretende adotar medidas judiciais. O prefeito não poupou críticas ao jornalista e ex-secretário de Comunicação, Mário de Freitas, autor da matéria, a quem acusou de estar tentando arranjar emprego na prefeitura.  

Fernando Fernandes ressaltou que as denúncias tentam denegrir a imagem de uma entidade com mais de 80 anos reconhecida nacional e internacionalmente. O prefeito disse que a saúde é prioridade do governo, lembrou avanços, admitiu as dificuldades e disse que a meta é continuar investindo e trabalhar mais. 

“A saúde está no cerne do nosso governo. Isso é uma obsessão para nós. Toda semana faço visita em todas as unidades de saúde. Converso com os pacientes e desde sempre nosso objetivo é melhorar. Pro nosso governo a saúde é uma obsessão constante”, afirmou o prefeito, acrescentando que reconstruir a saúde é mais complicado do que montar um sistema eficiente. 

Fernandes desmentiu a informação de que a SPDM foi contratada para atuar nas unidades de saúde de Taboão sem licitação. Ele relatou que a contratação da entidade seguiu o modelo determinado pela Lei 9.567/98 que criou o chamado concurso de projetos. 

Sobre a forma como foi feita a entrega dos jornais contendo a denúncia durante a última sessão da Câmara o prefeito criticou a estratégia de tentar criar um problema político no Legislativo. Disse estar confiante na maturidade dos vereadores e na lealdade dos mesmos ao governo. 

“Começaram de forma errada. Com o tema errado e no lugar errado. Não sou hipócrita. Vou dar nomes. Isso é obra do Mário de Freitas. Ele quer ser secretário de novo na prefeitura. A tática  deles é soltar a matéria caluniosa no jornal Hoje, distribuir em alguns pontos e depois sair no Reaja Taboão como se estivesse dando uma notícia verdadeira. Essa é uma estratégia política”, sintetizou o prefeito.

“Eu acredito na câmara quando se trata de governabilidade. Isso é como uma cláusula pétrea. Não tenho medo que haja instabilidade nesse aspecto. Isso é uma pilastra. A saúde é uma pilastra para nós. A nossa obsessão”, completou.  

O médico Nancime Salomão Mansur, dirigente da SPDM, acusou a reportagem de equivocada. Negou que o Hospital Geral do Pirajuçara acumule a dívida citada no jornal. Afirmou que os balanços financeiros da SPDM atestam que não há problemas na gestão financeira do HGP. Ele também reclamou do pouco espaço de tempo dado para que a entidade respondesse aos questionamentos da reportagem. O médico disse que a atuação da SPDM é constantemente auditada e nunca sofreu nenhum tipo de condenação. Garantiu que a SPDM reúne todas as certidões negativas que atestam a sua idoneidade.  

“Em dezembro tivemos um déficit contábil em razão dos recursos só serem recebidos no mês seguinte. Uma simples análise dos balanços mostra que não temos problemas. Administramos o HGP há 15 anos e o Tribunal de Contas nunca rejeitou nossas contas”, disse.  

Nancime contou que o HGP tem 282 leitos incluindo 10 leitos de UTI adulto e 5 de UTI infantil.

Após uma reunião em que teve acesso aos contratos entre a prefeitura e a SPDM a vereadora Érica Franquini, presidente da Comissão de Saúde da Câmara, avaliou que as denúncias feitas não tem haver com a realidade de Taboão. Para ela as informações são inverídicas. A vereadora afirmou que não há razão para chamar audiência sobre o assunto já que as dúvidas existentes foram dirimidas. 

A reportagem do Jornal na Net tentou contato telefônico com o jornalista Mário de Freitas várias vezes mas ele não atendeu as ligações feitas para o seu telefone celular. 

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

15/10/2017

Ney Santos fará reforma no governo de Embu, João Ramos deixará prefeitura

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (PRB) vai anunciar nos próximos dias uma reforma...

13/10/2017

Câmara Municipal aprova reajuste de abono para servidores

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram na última terça-feira, dia 10, por unanimidade, um...

11/10/2017

Convenção realizada no domingo elegeu novo diretório do PSDB de Itapecerica

O diretório municipal do PSDB de Itapecerica da Serra realizou, no último domingo (8 de...

11/10/2017

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do...

11/10/2017

Analice intercede por liberação de recursos para Embu das Artes

O prefeito de Embu das Artes, Ney Santos e a deputada estadual Analice Fernandes participaram de...

10/10/2017

Ney Santos lança Cartão Cidadão prometendo economia de recursos públicos

Anunciado como a maior ferramenta de gestão tecnológica de dados de toda a região, o Cartão...

17/10/2017

Seminário sobre desenvolvimento sustentável visa construir propostas no Conisud

Idealizado pelo mandato do deputado estadual Geraldo Cruz, da vereadora Rosângela Santos e com...

17/10/2017

Caixa e BB antecipam em dois dias pagamento do PIS/Pasep a correntistas

Com dois dias de antecedência em relação ao calendário oficial, os correntistas da Caixa...

17/10/2017

Reforma eleitoral abre espaço para propaganda paga em sites

A reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada recentemente pelo presidente...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.