Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Por 6 votos a 0 TRE-SP cassa prefeito e vice de Itapecerica da Serra

Por Ane Greice Passos | 10/04/2014

regina_e_chuvisco_dentro

Jornal Na NetPrefeito Chuvisco e vice Regina Corsini são cassados por 6 votos a 0 no TRE - SP

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE – SP) cassou nesta quinta-feira, 10, por 6 votos a 0, o mandato do prefeito de Itapecerica da Serra Amarildo Gonçalves e da vice Regina Corsini, acusados de captação ilícita de sufrágio. A defesa do prefeito vai entrar com uma liminar para tentar garantir que ele possa recorrer da decisão ao TSE no cargo. A situação do Chuvisco é a mesmo do prefeito de Juquitiba Francisco Junior, que foi cassado pelo TER, recorreu ao TSE e permaneceu no cargo.

Essa é a segunda fase do processo julgado pela a juíza eleitoral de Itapecerica da Serra, Patrícia de Assis Ferreira Braguini, que julgou parcialmente procedente a ação movida contra Chuvisco sob a alegação de captação ilícita de sufrágio. A acusação contra prefeito e vice, foi movida por conta de uma reunião realizada com estagiários no Hotel Del Verde, durante o período de campanha eleitoral, quando o prefeito Jorge Costa e a então secretária de Educação Soraia Regina teriam pedido votos para o candidato Chuvisco, que não estava presente no encontro.

Em entrevista para o Jornal na Net, o advogado de Chuvisco, afirmou estar confiante com o processo e em conseguir uma liminar para que o prefeito prevaleça no cargo durante o julgamento de cassação. “Agora vamos mandar o recurso para Brasília e entrar com medidas judiciais cabíveis. Primeiro tem realizar a publicação da decisão e só depois vai ser expedido o ofício para Itapecerica da Serra. Após a publicação vamos entrar com o recurso”, afirmou Dr. Joel Pereira.

Sobre as comemorações do 2° colocado Erlon Chaves em sua página do facebook, o advogado de Chuvisco afirmou que são prematuras, pois o caso ainda cabe recurso. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.