Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Sessão de Embu das Artes é marcada por críticas à corrupção

Por Ane Greice Passos | 27/03/2014

embu26.03

Genildo RochaVereadores de Embu das Artes debatem sobre o assunto corrupção e severas penas para políticos condenados


Assuntos de corrupção no Governo Federal e Estadual e processos de partidos, pautaram a sessão de Embu das Artes desta quarta-feira, 26. Sem projetos na ordem do dia, os vereadores discutiram a política de um modo geral e destacaram a importância de punir severamente políticos que se envolvem em desvio de dinheiro público.

Sem projetos, os vereadores de Embu usaram da explicação pessoal para falar sobre alguns processos políticos que integrantes de seus partidos estão sofrendo. Um pequeno debate começou quando o vereador Luiz Carlos Caldeirão (Luiz do Depósito), falou sobre a indignação sobre a ordem de reclusão de um deputado do PMDB.

“Hoje a justiça mandou prender um deputado do PMDB, porque ele ajudou, em época de campanha a população a fazer laqueadura. Quando o deputado ajuda a população ele é condenado, da mesma forma de quando um político rouba o país”, afirmou Luiz do Deposito se referindo ao caso do mensalão em que o Partido dos Trabalhadores (PT) esteve envolvido. 

No meio da fala de Luiz do Deposito o vereador Edvânio Mendes pediu a palavra. O petista defendeu a presidente Dilma e falou sobre o processo do mensalão e julgamentos.

“Tem coisa que não dá para ficar calado e não dá para engolir. Com todo o respeito pela vossa senhoria (Luiz do Depósito). Eu concordo com o senhor quando fala que a justiça é falha, mas desfalque de milhões e a presidente responder é forçar a barra. Se foi comprovado que um vereador, deputado estadual ou federal, burlou a lei e fez alguma coisa errada, que pague. O mensalão é fato consumado e a Dilma é inabalável”, defendeu Edvânio.

Luiz do Depósito explicou que não quis dizer que a presidente fez algo de errado, ele apenas citou um caso que ocorreu e, que segundo ele, não foi cumprida a lei. O vereador destacou ainda que não importa o partido e sim que a lei seja cumprida para todos.

Quem também falou sobre esse assunto foi Rosana Camargo. A vereadora destacou que a justiça deve punir o que está errado, independente do P do partido.

“Quanta coisa não poderia fazer com o dinheiro roubado, aquele que roubou e fez o que fez, não importa o partido, que vá para cadeia, mas do jeito que anda as coisas vai faltar cadeia. Acho que na hora que mandar um político para uma cadeia superlotada, ele vai servir de exemplo aos demais”, comentou.

No decorrer da sessão meio da fala do vereador João Leite, uma moradora reclamou, exaltadamente, sobre o município e o presidente da Câmara Doda Pinheiro pediu, de modo educado, que a munícipe deixasse o vereador concluir e caso tivesse alguma dúvida ela seria sanada após a sessão.

Após pedido do presidente a moradora ficou mais calma e a sessão prosseguiu calmamente. Sem mais assuntos a serem discutidos o presidente Doda Pinheiro agradeceu a presença do público e vereadores da Casa. E deu as boas-vindas aos visitantes da noite, o vereador de Osasco Valdomiro Ventura e o de Itapecerica da Serra Edicarlos Sangue Bom.

No fim da sessão Ventura convidou os vereadores e moradores de Embu das Artes para visitarem sua cidade e destacou que o gabinete 12, estará sempre de portas abertas. “Quero dizer que eu não sou mais do que um funcionário do povo e são vocês que pagam o meu salário todo mês e foi por isso que criei vários projetos na minha cidade e espero uma visita em Osasco”.

07/02/2018

Vereador Onishi comemora lei do auxílio aluguel para mulheres vítimas de violênc

O prefeito Fernando Fernandes sancionou o projeto de lei que determina a concessão de auxílio...

07/02/2018

Vereadores de Taboão aprovam nomes que vão receber medalha 19 de Fevereiro

Na volta do recesso parlamentar, nesta terça-feira, 6, os vereadores de Taboão da Serra...

06/02/2018

Temer vê dificuldade em aprovar reforma da Previdência depois de fevereiro

O presidente Michel Temer disse que o governo não pode ficar discutindo a reforma da Previdência...

06/02/2018

TCE aprova contas de Cido e Nóbrega na presidência da Câmara de Taboão

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou nesta terça-feira, 6, as contas dos ex-presidentes...

03/02/2018

PT de Embu expulsa vereador Doda; ele alega sofrer perseguição política

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Embu das Artes decidiu em votação unânime,...

02/02/2018

Temer diz que seu governo aguenta déficit, mas outros não

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (2) que insiste na reforma da Previdência...

21/01/2018

Mesmo em recesso, Câmara Municipal de Taboão da Serra continua com atendimento

Durante o mês de janeiro a Câmara Municipal de Taboão da Serra permanece em recesso parlamentar....

19/01/2018

Taboão da Serra inaugura sede do Corpo de Bombeiros

Já está em operação o novo Posto do Corpo de Bombeiros da cidade de Taboão da Serra. A sede...

16/01/2018

Inauguração do novo quartel do Corpo de Bombeiros de Taboão será dia 19

Nesta sexta-feira, 19, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, a deputada estadual...

01/01/2018

Estado envia R$ 57,5 milhões para investimentos em 126 municípios paulistas

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quinta-feira (28) o repasse do 15º lote de...

18/02/2018

Nós por Noix: cursinho popular abre inscrições em Itapecerica

Procurando um cursinho pré vestibular gratuito? Se liga no “Nós por Noix” – Cursinho Popular...

18/02/2018

Agências bancárias da região fecham nesta segunda em adesão a greve nacional

Os bancos em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica não irão abrir nesta segunda-feira (19) como...

18/02/2018

Campanha de vacinação contra a febre amarela é prorrogada na capital paulista

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo informou hoje (18) que vai prorrogar por mais uma...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.