Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Conisud realiza audiência pública com EMTU em Itapecerica e pede melhorias no tranporte

Por Ane Greice Passos | 26/03/2014

conisudaudienciadentro

Ane Greice PassosCidades representantes do Conisud, realizam audiência pública em Itapecerica da Serra para pedir melhorias no transporte.

Prefeitos e representantes das cidades participantes do Conisud (Embu das Artes, Embu Guaçu, Itapecerica da Serra, Taboão da Serra, Cotia, Juquitiba, São Lourenço e Vargem Grande Paulista), participaram na noite desta terça-feira, 25, da audiência pública com a empresa EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), para tratar de assuntos referentes a melhoria do transporte público na região. Chico Brito, prefeito de Embu das Artes e Presidente da Conisud, intermediou a audiência, que teve a participação ativa dos munícipes das 8 cidades.

“Hoje é a prova de que nós gestores públicos e a sociedade civil organizada da nossa região não esqueceu as manifestações de junho do ano passado. O povo brasileiro deu o recado para todos nós. Não basta ter a política pública, é preciso melhorar a gestão da política pública. Por isso que nós prefeitos estivemos o ano passado na EMTU e apresentamos algumas demandas. E essas demandas se resumem em mudanças através de: melhorias físicas, operacionais e tarifarias das linhas”, afirmou Chico Brito.

Dezenas de moradores das cidades pertencentes ao Conisud, reuniram-se no complexo administrativo da prefeitura de Itapecerica da Serra para acompanhar a audiência e realizar pedidos de melhorias no transporte público da cidade. Após uma breve fala dos participantes da mesa, um represente da EMTU Rogério Marcelino, fez uma apresentação das mudanças previstas para os munícipes sobre as mudanças e melhorias que as cidades irão passar.

Logo após as apresentações dos slides foi aberto aos representantes dos municípios falarem sobre os problemas e as necessidades de cada cidade. O prefeito de Embu Guaçu Clodoaldo, foi o primeiro a falar sobre o seu município.

“A primeira coisa que peço é a participação da SPTrans, das próximas reuniões técnicas. Eu me sinto contemplado com as informações de mudanças informadas. Nós já temos algumas integrações e principalmente as que vão integrar o bairro do Cipo, fico feliz, pois ele só tinha uma linha. Só que ainda algumas das nossas reivindicações não foram escutadas”, disse.

O prefeito chegou a citar bairros que ficam a quase 2 quilômetros de distância dos pontos de ônibus. “70% dos moradores de Embu-Guaçu trabalham em São Paulo, então precisamos de um bom serviço. Nós estamos prontos para fazer a integração do municipal com o intermunicipal”.

Fernando Amed destacou a falta de transporte na sua cidade e pediu melhorias. “São Lourenço tem uma quantidade grande de passageiros, o ônibus sai de Juquitiba e chega na nossa cidade muito lotado, eles não estão atendendo a demanda”, disse Amed ressaltando a necessidade de melhorar os pontos de ônibus da cidade, que, segundo ele, “chove mais dentro do que fora”.

O prefeito de Itapecerica da Serra Chuvisco, que foi o anfitrião da reunião, deu apoio as solicitações de seus colegas e destacou a necessidade de banheiros público no município. “Hoje os pontos finais dos ônibus não possuem banheiros, estamos procurando alternativas, que é de suma importância para a cidade”, disse Chuvisco.

Após a fala dos representantes das cidades foi aberta a palavra para o público realizar questionamentos e perguntas para a EMTU. Os moradores mostraram-se indignados com a situação atual do transporte público e pediram soluções da empresa.

O morador de Embu das Artes falou sobre os problemas de acessibilidade na cidade. Cadeirante o munícipe pediu uma melhor situação de atendimento nos ônibus. “Nós demoramos de 2 a 3 horas para pegar ônibus e muitas vezes chegamos a perder consultas”, afirmou.

Um morador de Itapecerica perguntou qual seria o prazo para integração total da EMTU com o metrô e questionou a valorização que é dada para empresas e para o lucro proprietários ao invés dos moradores, que necessitam do transporte. “Já que a EMTU faz fiscalização que eles fiscalizem o consórcio. Com mais concorrência a qualidade aumenta, temos que ter o fim do monopólio da região”, afirmou. 

Outros moradores de Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Taboão da Serra, Embu-Guaçu entre outras cidades, mostraram a total indignação com o transporte público oferecido. Os principais assuntos abordados foram o de superlotação dos veículos, a falta de linhas em alguns bairros, os pontos paradas de ônibus e o mal atendimento da Miracatiba com a região.

Entre tantos moradores reclamando e pedindo melhorias no sistema de transporte público. Um jovem de Itapecerica da Serra chamou atenção ao entregar um “troféu”, em forma de catraca de ônibus, para o prefeito Chico Brito e realizar uma pequena fala, fingindo ser apresentador e, parabenizando o presidente da Conisud pelo trabalho prestado. 

Após todas as reclamações e solicitações dos moradores, foi aberta a parte de respostas da EMTU. O Diretor Operacional da empresa metropolitana de transportes urbanos, Evandro Losacco, falou sobre algumas mudanças que serão realizadas.

“Existem alguns assuntos aqui que poderíamos fazer uma reunião só para tratar deles. O que eu vi aqui foi muita desinformação, mas creio que a culpa seja nossa, pois não estamos explicamos direito”, disse o diretor.

Losacco falou sobre a acessibilidade dos ônibus que tem o prazo para estarem completas até o final de 2014, o projeto de integração (que inicialmente conta com 15% de desconto) e outros assuntos questionados durante a noite. O diretor da EMTU, afirmou que todas as perguntas realizadas pelos moradores serão respondidas pelo site da empresa e em caso de dúvidas é só entrar em contato via e-mail.

“Eu falei que a explicação não esgotava todos os assuntos, foram mais de 6 meses que a comissão técnica e a EMTU, ficou destrinchando todos os problemas. Não quer dizer que com isso aqui o transporte vai ficar 100%, a luta continua”, explicou.

Quase no fim de sua fala, Lossaco teve uma pequena discussão com os moradores ao falar sobre a concorrência da empresa Miracatiba nas cidades. Ele ressaltou que não existe a possibilidade de ter concorrência e sugeriu que as pessoas que fizeram esses questionamentos estudassem o sistema de transporte.

“A questão de monopólio, é um discurso bonitinho para quem não entende de nada. Me fala como você vai fazer uma empresa colocar duas linhas no mesmo lugar? Vai ter briga”, destacou.

Após um pequeno debate entre o diretor da EMTU e a população presente (que chegou a chamar o funcionário da EMTU de grosso). O prefeito Chico Brito conseguiu apaziguar o pequeno atrito e destacou a importância da noite. “A audiência pública só tem sentido se ouvir a população e se tiver encaminhamento”, disse o presidente do Conisud, que deu um prazo de 15 dias para que a empresa metropolitana realizasse um documento com as informações transmitidas na audiência.

Sobre o troféu "catraca" que foi entregue ao prefeito Chico Brito no meio da audiência, o político falou que irá guardar-lo, mas lamentou que o estudante que entregou o objeto tenha ido embora, pois não foi dado o direito de resposta para o prefeito de Embu das Artes.

O presidente da Conisud terminou a audiência e agradecendo a presença da população e autoridades.


17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

13/11/2017

Congonhas reabre após ter 34 voos desviados por causa de drone

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, reabriu hoje (13) normalmente, após ter 34...

13/11/2017

Em sua 1ª edição, POP Run reúne mais de 600 corredores nas ruas de Taboão

Mais de 600 corredores profissionais e amadores participaram na manhã deste domingo (12) da 1ª...

13/11/2017

Moradores se unem e deputada Analice consegue reverter paralização da linha 029

A máxima de que o povo unido jamais será vencido virou realidade na última sexta-feira, 10,...

12/11/2017

Moradores do Jardim Clementino, Guaciara e Roberto em Taboão reclamam de buracos

A população de Taboão da Serra, entre os bairros do Jardim Clementino, Jardim Guaciara e Jardim...

11/11/2017

Comissão de Transporte Público debate sobre a renovação da frota de ônibus

A audiência para debater o transporte público, realizada na última segunda-feira, dia 6, na...

10/11/2017

Após pressão popular EMTU suspende paralisação da linha 029 Taboão - Pinheiros

Após a forte pressão popular e a divulgação das manifestações contrárias dos usuários a Empresa...

09/11/2017

Moradores de Taboão fazem abaixo assinado contra retirada da Linha 029

Usuários do ônibus 029 que faz a linha Taboão - Pinheiros estão realizando um baixo assinado...

08/11/2017

Audiência Pública de Transporte revela impasse entre administração e Pirajuçara

A audiência pública da Comissão de Transportes na Câmara de Taboão da Serra ocorrida na...

06/11/2017

Feriado prolongado registrou 108 acidentes e 2 mortes em acidente de trânsito

As concessionárias responsáveis pelas principais rodovias do Estado divulgaram o balanço parcial...

17/11/2017

Taboão terá caminhada pela paz e contra violência às mulheres dia 25 de novembro

O lançamento de uma ampla mobilização para uma caminhada histórica pelo fim da violência contra...

17/11/2017

Representado pelo paulista André Akkari, Poker segue crescendo no Brasil

Um dos esportes mentais mais populares do planeta, o poker cresceu muito de popularidade nas...

17/11/2017

Licenciamento: novembro é o mês de veículos com final 9

Os proprietários de veículos com placa final 9 já podem fazer o licenciamento. Já os donos de...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.