Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Prefeitura de Embu realiza limpeza de tubulações

Por Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes | 24/03/2014

dentrolimpeza

Comunicação PrefeituraFuncionários de Embu das Artes realizam limpeza de córregos para evitar alagamentos

O trabalho foi duro mas valeu a pena. Ao contrário do que aconteceu no dia 12/3 – quando o córrego João Cachoeira, canalizado naquele ponto, transbordou -, na última tempestade que caiu sobre Embu das Artes dia 14/3, não entrou água nas casas na rua Marcelino Pinto Teixeira, onde ficam a Câmara Municipal, a Delegacia de Polícia, empresas do parque industrial da cidade e uma comunidade com cerca de 20 famílias que devem ser removidas do local, segundo estudos em andamento.

A equipe da Secretaria de Serviços Urbanos , com mais de 20 pessoas, foi a responsável pela limpeza da tubulação de águas pluviais que corta o trecho acima citado e vai desaguar no córrego M´Boy Mirim. “Foi uma coisa de louco. As fotos dizem tudo, tiramos tambor de plástico, pedaços de madeira, garrafas pet e muito lixo do tubo”, explicou Clóvis Cabral, secretário da pasta.

O secretário contou que foi preciso encontrar a caixa de inspeção e furá-la para que os funcionários entrassem dentro dela e fizessem o serviço de desobstrução. A caixa estava a três metros de profundidade, embaixo da guarita da ETEC. “Com uma máquina PC hidráulica, abrimos na delegacia e não encontramos, então, passamos uma mangueira da Sanit e ela foi dar bem na entrada da escola técnica”, acrescentou Clóvis, que teve de pedir autorização à direção da escola para poder furar o piso da guarita para encontrar o tubo e a caixa de inspeção. Em sete metros de tubo, foram abertas duas janelas e os homens entraram para tirar a sujeira. “Felizmente deu certo e evitamos, assim, novos alagamentos”, afirmou Clóvis Cabral.

Árvores de grande porte

A chuva da sexta-feira (14/3) foi muito forte e veio acompanhada de ventos. Novamente, o pessoal da Defesa Civil, coordenados pelo secretário de Serviços Urbanos, Clóvis Cabral, foi para as ruas. Ele e a equipe passaram parte da noite e o dia seguinte na Estrada da Ressaca, onde alunos de uma escola e pais ficaram em lados opostos a uma árvore e não podiam atravessar devido à queda da árvore, com mais de um metro de diâmetro, e os fios da rede elétrica partidos que foram ao chão. Com o vendaval, muitas árvores caíram encima da rede elétrica, o que ocasionou o corte de energia. Cerca de 50 árvores de grande porte caíram ou derrubaram galhos na cidade.

Limpeza pelos bairros

Mais de 30 caminhões de areia foram retirados do córrego Tomáz Antonio Gonzaga, localizado ao lado do piscinão do Jardim Independência. O serviço feito pela Secretaria de Serviços Urbanos é necessário porque quando ultrapassa certo nível, o córrego dá refluxo na rua Colorado e enche as casas de água. Também foram colocados dois containers na entrada do Jardim Nova República, para que os moradores coloquem o lixo que será recolhido pelos caminhões da coleta que não conseguem entrar nas vielas estreitas do bairro.



Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.