Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Leoa Helga vai embora de Taboão nas próximas semanas; zoo permanecerá aberto

Por Sandra Pereira | 21/03/2014

123

Sandra PereiraLaércio Lopes e Ronaldo Onishi disseram que Helga será levada para santuário Mata Ciliar e garantiram permanência do zoo de Taboão, mas sem animais de grande porte

A leoa Helga vai dar adeus a Taboão da Serra nas próximas semanas. A felina de 14 anos, dos quais 10 foram vividos no zoológico de Taboão, será transferida em definitivo para o santuário Mata Ciliar, em Jundiaí. Os procedimentos que antecedem a transferência começam já na próxima semana quando a equipe da Mata Ciliar deverá enviar para Taboão uma espécie de caixa que será posta dentro do recinto de Helga. A idéia é fazer com que a leoa se habitue a comer dentro dessa caixa. Quando ela estiver familiarizada o objeto será fechado e a leoa será transportada sem sedativo, num caminhão apropriado. A felina é o último animal de grande porte que restava zoo de Taboão. O leão e dois tigres que haviam no local morreram. A transferência da leoa atende pedido dos ativistas que realizaram vários atos na cidade. No dia da transferência o parque será fechado para visitação. Os integrantes da Mata Ciliar visitaram o zoológico de Taboão e atestaram que a leoa não sofre maus tratos.

A confirmação da transferência definitiva da leoa e os procedimentos que serão adotados foram anunciados nessa sexta-feira, 21, numa coletiva concedida pelo secretário de Cultura Laércio Lopes e o vereador Ronaldo Onishi, presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara. Ambos garantiram que o zoológico da cidade não será fechado e disseram que após a reforma o município estará apto a  ser receptor de animais de pequeno e médio porte. O secretário se emocionou quando falou da saída definitiva de Helga do município. Entre os jornalistas também houve comoção. Ficou evidente que todos querem o bem da leoa, mas preferiam que ela ficasse em Taboão. 

A operação de transferência de Helga é delicada, tanto em razão da idade quanto pelo fato dela está habituada com a casa atual e ao seu tratador, a quem reconhece até pela voz. Por essa razão o tratador de Helga deverá acompanhar a felina até que ela se habitue na nova residência. O leão macho que havia na Mata Ciliar e iria fazer companhia a Helga morreu recentemente aos 19 anos idade. A leoa de Taboão será a única da espécie no santuário. 

“A equipe da Mata Ciliar e nós estamos tomando todos os cuidados para que a transferência não seja traumática para a leoa. Se for preciso eu pago a estadia do tratador do bolso, para ele ficar cuidando da leoa até que ela se acostume com os funcionários de lá”, afirmou Laércio Lopes. “O tratador chorou muito quando soube da transferência”, revelou. 

O espaço onde Helga deverá permanecer até o resto da vida é um pouco maior e  arborizado do que a casa atual dela. A equipe da Mata Ciliar pediu que a prefeitura de Taboão ajude na reforma do espaço, o que segundo o secretário de Cultura, Laércio Lopes, já está sendo providenciado.  

Defendendo o parque das Hortesias e o zoológico municipal como patrimônio da população do município o vereador Ronaldo Onishi disse que o compromisso do governo é realizar a reforma prevista no Termo de Ajuste de Conduta assinado pelo Ministério Público e a prefeitura. O vereador contou que após a reforma o zoológico de Taboão será um dos mais modernos do estado e estará apto para receber animais de entidades como a Mata Ciliar, que atualmente dispõe de um casal de lobos guará para doação. O vereador rechaçou o que chamou de mentiras veiculadas em redes sociais.  

“Não há maus tratos  contra animais no parque das Hortênsias. O DeFau, a secretaria do Meio Ambiente, a Mata Ciliar e todos os órgãos ambientais que estiveram no nosso zoológico comprovaram que os animais não são maltratados lá. Essa campanha contra o zoo foi injusta e covarde”, analisou o vereador, garantindo que vai lutar “com unhas e dentes pela manutenção do zoológico”. 

Seguindo o mesmo tom do vereador o vice-prefeito e secretário Laércio Lopes afirmou que a campanha contra o zoológico foi feita utilizando fotos tiradas em outros locais e muitas vezes com informações mentirosas, como a afirmação de que 18 animais teriam morrido e a que um rato teria comido a pata de coruja. O vice-prefeito disse que sofreu ameaças por conta da questão.  

“Nesse período recebi muitas ligações e visitas de gente que viu assustada as informações do Facebook e quando foi ao parque viu que era mentira. A reportagem do SBT entrou lá com câmera escondida, gravou depoimentos e depois ficamos sabendo que eles não fizeram matéria porque não encontraram animais maltratados. A própria Mata Ciliar afirmou que isso não acontece”, disse. 

Antes de se envolver na polêmica do Parque das Hortênsias o morador de Taboão da Serra Renato Pazzini levava uma vida de desconhecido. Mesmo sendo descendente de fundadores da cidade ele não tem participação na política no município. Após ser provocado por uma amiga pelo Facebook esteve no acampamento dos ativistas e logo depois visitou o parque e fotografou os recintos. Pazzini conta que na visita não viu animais maltratados e expôs seu ponto de vista nas redes sociais. 

Renato Pazzini esteve na inauguração do Parque das Hortênsias. Assim como a maioria das pessoas na cidade ele é contrário ao fechamento do zoológico. O morador não escondeu sua tristeza com a transferência de Helga e nem com a campanha difamatória que diz estar sofrendo. 

“Para quem visita o parque fica claro que as informações de maus tratos são  mentirosas. Como eu postei isso no Facebook se voltaram contra mim, fizeram ameaças e tentaram de todas as formas que eu apoiasse o movimento. Agora estou tomando medidas judiciais. Depois que pegaram parte de uma conversa in Box quando eu me defendia de ameaças e postaram. Quanto a Helga é triste ver a nossa princesa do parque indo embora. Ela é quem dá vida ao nosso parque. Vai ser triste sem ela, mas a gente espera que seja feliz nesse outro local”, finalizou.

18/06/2018

Itapecerica é apontada como o 2º município mais violento do estado de São Paulo

A cidade de Itapecerica da Serra foi apontada como o segundo município mais violento do estado...

15/06/2018

Petrobras anuncia queda no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (15) uma queda de 0,89% no preço da gasolina comercializada em suas...

15/06/2018

Etanol está quase mais caro, mesmo com produção maior

 

 

Alternativa mais barata à gasolina, o etanol também está pesando mais no bolso na hora de...

13/06/2018

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a...

05/06/2018

Homicídios atingem 62,5 mil casos e têm maior nível em 10 anos no país

O índice de homicídios no Brasil em 2016 atingiu a marca de 30,3 para cada 100 mil habitantes,...

24/05/2018

Procon de Itapecerica multou posto acusado de vender combustíveis com preços abu

O Procon de Itapecerica da Serra multou o posto de gasolina que estava vendendo gasolina a R$...

24/05/2018

Em Taboão, Café Sensorial promove protagonismo de pessoas com deficiência

O Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD), ligado à Secretaria de Assistência Social...

24/05/2018

Motoqueiros fizeram ato na Régis, no centro de Taboão em apoio ao protesto

Motoqueiros realizaram protesto no início da noite desta quinta-feira 24, contra o aumento no...

18/06/2018

TaboãoPrev presta contas durante audiência pública na Câmara Municipal

A autarquia municipal TaboãoPrev, responsável pelo fundo de pensão do funcionalismo público,...

18/06/2018

Câmara Municipal de Taboão aprova alteração da alíquota patronal

Os vereadores de Taboão da Serra aprovaram, durante a sessão do último dia 12, um projeto de lei...

18/06/2018

PM prende homem com três armas de fogo após ele disparar tiros em Taboão

A Polícia Militar prendeu em flagrante, na rua Santa Luzia, em Taboão da Serra, um homem com uma...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.