Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Falta de luz vira problema crônico em Taboão da Serra, Embu e Itapecerica

Por Sandra Pereira | 20/03/2014

velas_600x329

DivulgaçãoFalta de luz ocorre quase diariamente em diversos bairros e deixa moradores irritados

Chega a ser vergonhoso o atendimento prestado pela AES Eletropaulo aos moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica. Os apagões quase diários fazem parte da rotina das famílias que chegam a ficar dias seguidos sem eletricidade. Também se tornou comum as quedas ou oscilações de energia. Se para os consumidores residenciais o problema é grave, para os industriais representa prejuízos incontáveis.  Só pra piorar a situação dos moradores a falta de luz normalmente vem precedida pela falta de água. 

Ficar sem luz já está virando rotina nas cidades. A falta de eletricidade muda a rotina das famílias, prejudica as empresas e traz dores de cabeça diversas  nos mais diversos ambientes. Em Taboão há registros de bairros em que falta luz praticamente todos os dias como o Saint Moritz, São Judas, Monte Alegre, Oliveiras. Em Itapecerica a região central chegou a ficar sem luz durante todo o dia várias vezes nos últimos meses. Em Embu das Artes há registro de bairros que passaram 3, 4 dias seguidos sem eletricidade. 

Em Taboão da Serra a falta de luz constante está em vias de se tornar caso de polícia. Basta uma passada rápida na agência da AES Eletropaulo localizada no começo da Rua José Maciel, no centro da cidade para encontrar consumidores que de tão insatisfeitos com a falta de luz constante beiram a revolta. 

Nessa terça-feira, 18, o Legislativo municipal parou as atividades por conta de uma queda de luz no plenário. Ironicamente a sessão havia começado com moradores usando a tribuna para reclamar novamente da falta de luz. As queixas contra a AES Eletropaulo na câmara municipal são constantes. Os vereadores já apresentaram vários requerimentos pedindo providências. Agora eles cogitam convocar representantes da empresa para dar esclarecimentos, ao menos é isso que planeja o vereador José Aparecido Alves, o Cido. 

Recentemente, numa reunião ocorrida em Embu das Artes representantes da AES Eletropaulo culparam as árvores pela falta constante de luz na região. Disseram que as podas de árvores seriam suficientes para acabar com 70% das quedas de luz. 

Essa semana o local ficou sem sistema por várias horas impedindo que os usuários resolvessem problemas ou solicitassem novas ligações de luz. Num período dominado pelas quedas de energia nos mais diversos bairros é grande a demanda por atendimento na agência, o que contribui para externar toda a falta de estrutura e a péssima qualidade do atendimento.  

“Isso aqui é um absurdo. Uma verdadeira falta de respeito com os clientes. A gente paga caro pelos serviços e sofre com esse descaso todo sem que ninguém faça nada”, disparou revoltado seu Ademar Martins, morador da região central da cidade. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.