Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Agentes Penitenciários reclamam da superlotação no CDP de Itapecerica da Serra

Por Ane Greice Passos | 17/03/2014

grevecdpdentro

Genildo RochaAgentes penitenciários de Itapecerica da Serra aderem a greve que já ocupa quase todo o estado de São Paulo.

Em greve, agentes penitenciários do CDP (Centro de Detenção Provisória) de Itapecerica da Serra reclamam da superlotação do presídio, condições de trabalho e baixo salário. De acordo com funcionários a capacidade do cadeião do município é de 800 detentos, porém existem mais de 2.600 pessoas no local. Enquanto isso, apenas 50 homens trabalham por turno para garantir a segurança da penitenciária. Fotos

O manifesto por melhores condições de trabalho e segurança, contratação de mais funcionários, superlotação dos presídios e aumento salarial, é a pauta da grave de todo o estado de São Paulo. Os agentes estão cansados do regime de trabalho que dura anos e não possui mudanças.

Em Itapecerica um dos principais problemas do cadeião da cidade é a superlotação e o excesso de presos que passam no local. O CDP é provisório e comporta cerca de 12 pessoas por cela, mas de acordo com agentes, chegam a dormir 60 detentos no mesmo lugar.

“Todos os CDPs estão todos lotados. Graças a Deus nós temos um bom diálogo com os detentos, nós estamos fazendo tudo às claras com os presos. Até para ajudar eles, porque é desumano 60 pessoas dormirem em uma cela. Eles acabam dormindo até na privada”, afirmou Constantino.

De acordo com o funcionário, o sindicato e a classe dos agentes penitenciários estão tentando articular melhorias com o governo de São Paulo, porém ainda não houve um acordo.

“Infelizmente o governo está menosprezando a nossa greve. Teve uma contraproposta ridícula na semana passada, que só nos fortaleceu. Já houve até ameaça de demissão caso continuássemos na greve”.

Os agentes já avisaram que se não houver acordo não será permitida visitas de familiares no fim de semana. “Os presos já estão cientes que esse fim de semana pode não ter visita, eles só pedem para que avisemos ante, para que eles possam escrever cartas”, disse Constantino.

As famílias dos presos também estão insatisfeitas com a nossa situação atual dos detentos e dos funcionários do CDP de Itapecerica. De acordo com os agentes elas estão dispostas a realizarem uma manifestação à favor da greve.

Os agentes penitenciários podem parar a Regis Bittencourt e outras rodovias, caso as reivindicações de melhorias nas condições de trabalho não forem atendidas. Familiares de detentos pretendem aderir a causa.


Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.