Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

200 fazem ato contra morte de jovem assassinado por causa de tênis no Embu

Por Sandra Pereira | 10/03/2014

ato

Genildo RochaManifestantes pediram justiça e lembraram que jovem foi morto por causa de tênis de R$ 1.000,00

Inconformados com o assassinato brutal do jovem Lucas de Freitas, 19 anos, morto com um tiro no peito por causa de um tênis na rua de sua casa, no Santa Tereza, cerca de 200 pessoas, em sua maioria jovens realizaram um protesto na tarde desta segunda-feira, 10, na Rodovia Régis Bittencourt em Embu das Artes. Com pedidos de justiça  parentes e amigos do rapaz saíram do Santa Tereza até a Régis Bittencourt em passeata. Ninguém entendia como alguém pode matar um jovem por causa de um tênis. Relembre aqui.

Lucas era considerado pelos amigos um rapaz tranquilo e trabalhador. Joyce dos Santos, ex namorada dele, estava inconformada. Ela disse que Lucas sempre conseguiu as coisas com esforço. “A morte do Lucas foi muita injustiça. O que fizeram com ele foi inaceitável. Ele era um rapaz trabalhador. Queremos justiça. Mas no fundo a gente sabe que o Lucas não foi o primeiro e nem vai ser o último”, desabafou.

“Se agente não fizer manifestação essas injustiças vão continuar acontecendo. Não é só porque somos pobres que não merecemos segurança. Se o Lucas fosse filho de ricos aposto que esse caso tinha solução. Estou me manifestando pelo meu amigo Lucas que morreu por causa de um tênis de R$ 1.000 reais”, disparou Diego Rocha Baldraia. 

Entre os participantes do ato o clima era de total comoção. Os familiares do rapaz assassinado que participaram da manifestação cobraram das autoridades mais investimento em segurança e pediram a apuração do crime. 

Testemunhas contaram que Lucas Freitas estava caído no chão quando os criminosos tiraram o tênis do pé dele e fugiram numa moto de cor prata. 

Eles relataram que a polícia demorou horas para aparecer após o rapaz ser atingido no peito. Lucas chegou a ser socorrido por moradores da rua para o Hospital Geral do Pirajussara, mas entrou em óbito.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.