Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

Prefeitura de Taboão reinaugura projeto Lado a Lado no Saporito

Por Mariana Lemos | 10/03/2014

Lado

Jornal na NetProjeto oferece cursos de qualificação em várias áreas

Em clima de festa a prefeitura de Taboão da Serra reabriu neste domingo, dia 9, o Projeto Lado a Lado, no bairro do Saporito, marco do governo passado do prefeito Fernando Fernandes e extinto pelo seu sucessor Evilásio Farias. O Lado a Lado promovia cursos de capacitação visando a inserção no mercado de trabalho e a geração de emprego e renda. A lógica do projeto é garantir a sustentabilidade dos beneficiados, ensinando os mesmos “a pescar” para que possam ter oportunidade de escolha.

O Lado a Lado Saporito vai oferecer cursos de corte e costura, desde a modelagem até a confecção de peças de praia, lingerie malharia, informática, estética, maquiagem, depilação cabeleireiro e manicure. O espaço também vai oferecer cursos de inglês, espanhol e outros que não requeiram a necessidade de utilização de laboratórios. Todas as turmas já estão preenchidas e já existem mais de 200 pessoas em fila de espera. A meta da prefeitura é retomar o projeto no Jardim Vila Sônia e Scândia e futuramente atender ao Leme.

O projeto é “a menina dos olhos” da deputada Analice Fernandes, sua idealizadora e agora responsável pelo seu resgate. Em sua fala a deputada enalteceu a educação e disse que representa o único e verdadeiro instrumento de mudança. Ela chorou ao relatar a tristeza que abateu sua família quando o projeto foi extinto na administração passada. O prefeito também se emocionou e chorou junto. 

“O Lado a Lado mudou a vida de milhares de pessoas, principalmente as mulheres. Até hoje encontro nas ruas pessoas que tiveram a oportunidade de se qualificar no projeto e tiveram suas vidas transformadas. Tenho certeza de que quem estiver aqui vai ter uma vida melhor e quero lembrar que você é do tamanho do seu sonho”, declarou Analice.

Para continuar atingindo a meta de transformar a vida das pessoas atendidas pelos cursos a grade de cursos foi atualizada e a administração firmou parceria com o Sebrae e o Senac.

De acordo com o prefeito Fernando Fernandes a reforma do prédio custou R$ 628 mil. Ele lamentou o fechamento do projeto pela gestão passada e disse que os gestores públicos não devem agir assim em relação a projetos que dão certo. “O SER é um projeto essencial criado pelo antigo governo. Não deve ser fechado, tem que ser melhorado. Faço críticas ao fato de algo importante ter sido feito em prédio alugado, mas não poderíamos acabar com algo que a população precisa”, declarou.

O presidente da Câmara Municipal, Eduardo Nóbrega, elogiou a retomada do Lado a Lado, lembrou o sucesso do projeto no passado e lembrou que é “melhor ensinar a pescar do que dar o peixe”. O presidente criticou os governos que adotam o assistencialismo como praxe e disse que somente o povo qualificado tem condições de se libertar para fazer suas opções com consciência.  

O presidente da empresa Martbel, Celso Martins, doou diversos kits que foram sorteados para os alunos do projeto. Ele defendeu em sua fala que é preciso amor para transformar a vida das pessoas. “Esse equipamento que está sendo inaugurado vai mudar a vida das pessoas, dando uma oportunidade para aqueles que buscam uma oportunidade de trabalho”, disse. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.