Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Política

MTST faz ato na prefeitura de Taboão para cobrar compromissos do governo

Por Sandra Pereira | 26/02/2014

mtstdentro

Sandra PereiraMovimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST) apresenta pauta de reivindicações para a prefeitura de Taboão da Serra. 

Aproximadamente 300 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST) saíram em marcha da Praça Nicola Vivilechio, no centro de Taboão da Serra, até a prefeitura da cidade para cobrar do prefeito a construção de uma creche, posto de saúde e escola municipal dentro do condomínio João Cândido que está sendo construído no Jardim Salete. Eles também querem o aumento do auxílio aluguel para R$ 400,00, mesmo valor de São Paulo e o envio de dois projetos de lei à Câmara Municipal visando beneficiar o movimento.

Os manifestantes chegaram a prefeitura cantando "pisa ligeiro, pisa ligeiro, quem não pode com a formiga não atiça o formigueiro".

Na prefeitura eles foram recebidos por Fernando Fernandes, que estava realizando visita nas unidades de saúde do município quando os manifestantes chegaram a prefeitura. No fim da reunião foi assinado um documento pelo prefeito de Taboão e os vereadores Marco Porta, Eduardo Nóbrega e Carlinhos do Leme no qual se compromete com os itens contidos na pauta. 

De acordo com o ex-vereador Paulo Félix, líder do movimento, a pauta é a mesma tratada e aceita pelo prefeito Fernando Fernandes no mês de novembro.

"O MST e o MTST doaram o terreno para a prefeitura construir os equipamentos públicos dentro do condômino no Salete. Eles vão beneficiar todos os moradores da região e não apenas as famílias do condomínio", afirma Paulo Félix. 

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.